Fortaleza: transporte público sob demanda pode ser pago com cartão de transporte

Por Technibus
Imagem Divulgação

A capital do Ceará, Fortaleza, implementou o transporte público sob demanda há mais de um ano, e hoje o serviço funciona de forma integrada à bilhetagem online. A inovação permite que os usuários paguem pela viagem sob demanda com o cartão de transporte. O serviço, chamado de Top Bus+, é uma plataforma da Via.

Desde que o Top Bus+ foi lançado, o Sindiônibus, que opera o sistema de transporte na cidade, incluiu no projeto a intenção de oferecer ao usuário a opção de pagar pelo novo serviço utilizando o cartão do transporte. A principal preocupação era dar mais flexibilidade para os passageiros no pagamento das tarifas.

O Top Bus+ não tem tarifa fixa. O valor a ser pago pelo passageiro é calculado de acordo com o percurso escolhido. O usuário paga pelo trecho percorrido e já sabe o valor quando informa ao aplicativo seu ponto de partida e destino. A tarifa não é dinâmica, ou seja, o preço do serviço não aumenta em situações em que demanda é mais alta.

O usuário solicita o transporte pelo aplicativo informando o sei itinerário e, ao embarcar, paga a viagem com o cartão de transporte no validador instalado dentro das vans, que funcionam de forma online.

A Empresa 1, fornecedora da plataforma de bilhetagem e parceira do Sindiônibus, viabilizou a integração do serviço sob demanda com o sistema convencional de transporte por meio das funcionalidades do sistema online e de contas em nuvem. Dessa forma, os usuários do vale-transporte e do bilhete único passaram a ter a possibilidade de pagar essas viagens com o cartão de transporte. No total, o serviço atende a 28 bairros, além dos principais shoppings e instituições de ensino superior da cidade.

Hoje, o transporte público regular funciona como a espinha dorsal da mobilidade da cidade, mas passa a disputar o atendimento também para as viagens de curta distância. Segundo a Empresa 1, isso é possível porque a plataforma opera como intermediária, permitindo a comunicação entre os sistemas e cobrindo processos que vão desde o cadastro do usuário até o cancelamento, além do pagamento da tarifa.

Com a integração do transporte sob demanda com o sistema convencional, a expectativa é de que o serviço alcance a marca dos 90 mil clientes conquistados no primeiro ano de funcionamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança Novos Paradiso DD da Catedral Relembre os Alphas do intermunicipal paraibano