Mercedes-Benz comercializa 49 ônibus de fretamento para a RCR Locação

Por Technibus
Imagens Divulgação

A Mercedes-Benz vendeu 49 ônibus para a RCR Locação, empresa que atua no setor de fretamento contínuo e eventual nas regiões Nordeste e Norte, cuja matriz localiza-se em Recife, capital de Pernambuco.

Do total, nove ônibus do modelo OF 1724 já estão em operação, e 40 unidades do chassi OF 1721 estão em processo de encarroçamento, com previsão de entrega em maio. Ainda no primeiro trimestre deste ano, a empresa também adquiriu 14 vans Mercedes-Benz Sprinter, modelo 416 CDI, para a matriz em Recife.

Os 49 ônibus rodoviários têm carroceria Marcopolo e são destinados às operações de fretamento contínuo no transporte de funcionários de empresas e indústrias da região metropolitana de São Luís. A RCR, unidade de negócios do grupo Parvi, atua em Pernambuco, Bahia, Maranhão, Ceará, Pará e Amazonas e é cliente tradicional da Mercedes-Benz há 24 anos.

O novo lote comercializado pela RCR junta-se aos 123 ônibus adquiridos entre outubro e novembro do ano passado, mantendo o compromisso de sempre renovar uma frota de cerca de 530 veículos, 100% da marca.

“Desde o início das atividades da RCR, há 24 anos, só trabalhamos com Mercedes-Benz”, afirma Danilo Queiroz, gerente operacional da empresa. “Além da qualidade, durabilidade e confiabilidade dos produtos, os ônibus da marca são de fácil manutenção, o que nos garante a disponibilidade da frota, e também nos oferecem excelente custo operacional e ótimo valor de revenda”.

Queiroz diz que a renovação constante da frota é um compromisso da RCR. “Isso é essencial para podermos sempre oferecer aos clientes um alto nível de qualidade, conforto e segurança aos seus funcionários na ida e na volta ao trabalho. Aliás, com foco em mais segurança, parte dos novos ônibus sairá de fábrica com retarder, potencializando a força de frenagem dos veículos e aumentando a proteção dos passageiros e motoristas”.

Mercado –

O cliente ressalta ainda que o segmento de fretamento está aquecido no Nordeste, com expansão também para o Norte. “Atividades como mineração, movimentação nos portos, indústrias, alimentos, bebidas e outras estão demandando ônibus para transporte de colaboradores. A pandemia influencia também, devido às recomendações de distanciamento. Para isso, alguns de nossos ônibus já contam com cortinas separadoras entre as poltronas, além das medidas de limpeza e higienização”, diz o gerente.

“Assim como no ano passado, o segmento de fretamento segue aquecido no Brasil em 2021”, informa Walter Barbosa, diretor de vendas e marketing ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Isso se dá por conta do fretamento contínuo das empresas que, para se adequar às medidas de segurança em relação à Covid-19, tiveram que aumentar o número de ônibus para reduzir a quantidade de pessoas por veículo, garantindo assim o distanciamento dos funcionários. É importante ressaltar que o crescimento do segmento se dá também por setores específicos da economia que apresentam boa performance como energia, agro, saúde, mineração, construção, tecnologia e serviços”.

No primeiro trimestre deste ano, a Mercedes-Benz liderou as vendas de ônibus para fretamento no Brasil. No acumulado de janeiro a março de 2021, foram emplacadas 253 unidades, quase o dobro das 127 unidades durante o mesmo período de 2020. Isso representa 56,5% de participação de mercado no segmento de fretamento para a marca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Senior da PB Rio Apache Vip V da Viação Pendotiba Apache Vip V da N.S. Penha Vissta Buss 360 da 1001 Torino da Turp Transporte Viação Águia Branca estreia o Marcopolo G8 Apache Vip V da Transportes Flores Apache Vip IV da Auto Viação Vera Cruz Viação Águia Branca recebe os primeiros Marcopolo G8 Apache Vip IV da Viação Araçatuba Novos chassis rodoviários Volvo para longas distâncias Apache Vip IV com a nova identidade da N.S. Penha