Segurança: lei define situações em que usuários podem definir local de parada do ônibus na Paraíba

Por Click PB
Imagens
Paulo Rafael Viana

Mulheres, pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, com crianças de colo ou portadoras do Transtorno do Espectro Autista podem optar pelo local mais seguro e acessível para embarcar e desembarcar do transporte coletivo após as 20h, na Paraíba. A única exigência é que o local escolhido esteja dentro do trajeto regular da linha de ônibus.

A lei, de autoria do deputado Wilson Filho, foi publicada no Diário Oficial do Estado deste sábado (10). O texto prevê que o embarque e desembarque dos consumidores no serviço de transporte coletivo deverá ser realizado sem acarretar riscos à segurança. Negar a estes grupos o direito de escolher seus locais de embarque e desembarque nessa faixa de horário seria considerado inseguro.

O descumprimento da lei deixa a empresa sujeita a multa no valor de três a 30 UFR-PB (Unidades Fiscais de Referência no Estado da Paraíba).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Montagens de modelos com o layout da Gontijo Um clássico com as cores do Flamengo São Paulo X Teresópolis com a Viação Águia Branca Dream Bus da Itapemirim em SP e Curitiba O ônibus da capa de Girl From Rio O último Citmax do sistema de Natal Apache Vip da FAOL no “Diretão” do BRT Rio O último Ciferal Líder do intermunicipal paraibano Ideale da Solazer Viaggio da Expresso Recreio