Ônibus Paraibanos

Uso da integração temporal em João Pessoa dobra em agosto

Por Portal Correio
Imagem JC Barboza

O número de passageiros que utilizaram a integração temporal em João Pessoa dobrou, passando de 8% para 16%. De acordo com dados da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob), em agosto deste ano, 350.248 pessoas fizeram a integração temporal. Se essas pessoas tivessem que ter pago uma nova passagem, ao pegar o segundo ônibus, isso daria uma receita de aproximadamente R$ 1,4 milhão.

O número de passageiros da região metropolitana pagantes de meia passagem que passaram a utilizar a integração em João Pessoa também aumentou, chegando a 31.960 no último mês e representando uma economia de R$ 63 mil para esse público.

“Os números comprovam a eficácia da mudança no sistema de integração de João Pessoa e os resultados devem aumentar ainda mais com a retomada gradual das atividades, pois a expectativa para o mês de agosto era transportar 5,5 milhões de passageiros, e foram transportados apenas 2,1 milhões. Isso é reflexo de que nem todos os pessoenses retomaram ainda as atividades normais”, disse o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de João Pessoa (Sintur-JP).

Na opinião do superintendente da Semob, Wallace Massini, é acertada a decisão de estender ao passageiro o direito de pegar o segundo ônibus em qualquer lugar da cidade. “Antes, muitas pessoas perdiam horas tendo que ir até o Terminal do Varadouro para pegar o segundo ônibus, e neste sistema que adotamos essa exigência acabou”.

A integração temporal em João Pessoa consiste em pegar dois ônibus de linhas diferentes, pagando apenas uma passagem, em qualquer parada. O usuário passou a ter 80 minutos de intervalo entre um ônibus e outro durante a pandemia do coronavírus. Linhas com o mesmo terminal, ônibus de uma mesma linha e rotas circulares não integram entre si.

O serviço só está disponível para quem faz pagamento por meio do cartão de bilhetagem eletrônica Passe Legal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.