Ônibus Paraibanos

Novos ônibus que operarão no transporte coletivo de Bragança Paulista estão em fase final de produção

Por Jornal + Bragança
Imagens Divulgação

Em continuidade aos ajustes, com o intuito de acompanhar minuciosamente cada detalhe neste processo de transição, nesta quarta-feira, 12, representantes do Poder Executivo visitaram a fábrica da empresa Marcopolo em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro.

Com a proximidade da transição do transporte público no município, no qual a empresa JTP Transportes, Serviços, Gerenciamento e Recursos Humanos Ltda assumirá os serviços na cidade, a Prefeitura de Bragança Paulista vem realizando as tratativas e preparativos para tal mudança, pensando no bem-estar da população que depende deste tipo de transporte.

Na oportunidade, acompanharam o andamento da fabricação dos veículos que foram adquiridos pela JTP e farão parte da frota do transporte coletivo público do município. A Marcopolo é uma das líderes mundiais no setor e a maior fabricante do segmento no Brasil. Os veículos que virão para a cidade fazem parte da linha de modelos mais modernos e contarão com sistema de ar-condicionado, rede Wi-Fi, conector USB, bilhetagem eletrônica, assim como um sistema de reconhecimento facial.

Nas últimas semanas, a Prefeitura de Bragança Paulista, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana tem realizado reuniões virtuais com a JTP e com a empresa Nossa Senhora de Fátima Auto Ônibus Ltda, que opera o transporte coletivo atualmente na cidade. Com início da operação dos serviços da JTP na cidade prevista para o dia 3 de novembro, diversas tratativas têm sido pautadas com o objetivo de estabelecer medidas necessárias, para que a mudança ocorra de forma tranquila e ordenada, prevendo manter inicialmente os itinerários com as mesmas linhas e horários.

Ainda visando causar o mínimo impacto possível, a Prefeitura solicitou a JTP a contratação do maior número de colaboradores que fazem parte da empresa de transporte atual, não só pelo conhecimento que esses profissionais possuem, mas também para manter esses empregos na cidade, diante da fragilidade econômica do país.

A Prefeitura está trabalhando com as devidas tratativas junto às empresas e já estuda a antecipação da data de transição, pretendendo melhorar a qualidade do transporte público à população o quanto antes.

Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.