Ônibus Paraibanos

Grupo Itapemirim modifica pagamentos em recuperação judicial

Por Ônibus Paraibanos, com informações do Estado de S.Paulo
Imagem JC Barboza

O Grupo Itapemirim conseguiu mudar os percentuais de pagamento aos credores na Justiça. A informação foi divulgada hoje na coluna Broadcast, do Estado de S.Paulo. A medida vem como um fôlego para atravessar o período de crise, visto o impacto da pandemia de COVID-19 nos negócios da empresa.

Desse modo, a 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo decidiu que os valores levantados em leilões de imóveis fossem utilizados em sua maioria para o custeio da operação, valor estimado em 80%. Os demais 20% seguem destinados ao pagamento de credores. A medida é em caráter excepcional. Até então, a distribuição de recursos dos leilões de imóveis era de modo inverso.

Ainda segundo o Estadão, o Grupo Itapemirim esperava um crescimento de 11% em seu faturamento, mas a pandemia tornou essa marca inviável. Conforme a decisão, “Precisamos adaptar o processo de recuperação judicial ao seu objeto e aos seus sujeitos, justamente para que a lei de insolvência consiga ter plena aplicabilidade nesta situação de anormalidade ocasionada pela pandemia do Covid-19”.

Algumas linhas do Grupo Itapemirim estão sendo gradualmente restabelecidas ao longo do tempo. No início da pandemia, a empresa chegou a parar completamente, decisão revista logo depois. Ainda antes da pandemia, a empresa planejava vários investimentos, dentre eles o de criar uma companhia aérea e reestruturar a sua frota. O Grupo Itapemirim é gerido atualmente por Sidnei Piva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.