Empresas de transporte coletivo de Campina podem demitir funcionários, diz Sitrans

Por Paraíba on line
Imagem JC Barboza

Com o surgimento de casos do novo coronavírus em Campina Grande e o isolamento social adotado como medida para evitar a propagação da doença, as empresas responsáveis pelo transporte coletivo da cidade destacaram que têm sido afetadas financeiramente.

O diretor institucional do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Campina Grande (Sitrans), Anchieta Bernardino, falou durante entrevista concedida a uma emissora de rádio local que, neste momento, não há recursos para pagar a folha de pagamento dos funcionários.

–  Estamos enfrentando a ausência de dinheiro. Por exemplo, hoje teríamos que pagar a folha de pagamento e não temos o dinheiro para pagar a folha. Estamos com dificuldade de comprar o combustível. Não há como manter a operação sem os recursos que paguem as viagens- disse.

Além disso, Anchieta Bernardino informou que empresas de ônibus podem demitir funcionários por causa da queda na demanda de passageiros provocada pela pandemia da Covid-19.

–  Aqui em Campina Grande todos que tinham férias estão de férias. As demissões ainda não decidiram porque o quadro de Campina é pequeno. A operação que é feita em João Pessoa, Natal, Recife estão demitindo. É possível que se tenha que fazer isso- disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança