Volkswagen deve emitir laudo indicando o que provocou incêndio nos ônibus na RMR

Incêndios em ônibus da RMR podem ter sido provocados por falhas mecânicas

Por Diário de Pernambuco
Imagem Bruna Costa

Uma reunião entre a Frente de Luta pelo Transporte Público de Pernambuco e o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação do Recife, Marcelo Bruto, debateu sobre as investigações os incêndios ocorridos nos ônibus neste ano, no Grande Recife. A montadora Wolksvagen deve emitir um laudo, que será analisado pelo Instituto de Criminalística da Polícia Civil, para indicar o que deve ter provocado o fogo nos motores dos veículos.

Durante o encontrou, foi definido que será instaurada uma comissão formada por membros do Conselho Superior de Transporte Metropolitano para acompanhar as investigações. O requerimento apresentado pela Frente de Luta foi aceito pelo Secretário.

Técnicos da montadora Volkswagen foram até as garagens para verificar se os defeitos podem ser de fabricação dos veículos ou se foi falta de manutenção. Em 15 dias, a empresa deve emitir um laudo que será analisado e periciado pelo Instituto de Criminalística da Polícia Civil. Os conselheiros acompanharão todo este trabalho e apresentarão um relatório no próximo encontro do Conselho Superior de Transporte Metropolitano, no final de setembro.

Além deste ponto, o Secretário apresentou à Frente de Luta um Projeto de Lei, que o governo pretende enviar à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), para garantir a implementação de ar condicionado em toda a frota do Grande Recife.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.