Daimler avança com a produção do ônibus elétrico eCitaro da Mercedes-Benz

Por Mercedes-Benz
Imagens Divulgação

Na Daimler Buses, unidade de negócios do Grupo Daimler, a produção do ônibus elétrico eCitaro da Mercedes-Benz está a todo o vapor na fábrica de Mannheim, na Alemanha. Por várias semanas, os primeiros desses veículos elétricos já operam no transporte público de Hamburgo e Heidelberg e mais unidades devem ser entregues, enquanto começam a chegar as primeiras encomendas de países europeus.

Na França, Luxemburgo e Polônia, por exemplo, tão logo cheguem a esses países, os ônibus eCitaro serão integrados às operações de ônibus locais para demonstrar aos gestores do transporte público suas qualidades e adequação para o uso diário. Entre as vantagens dos elétricos destacam-se a redução da emissão de poluentes e o baixo índice de ruídos, proporcionando melhoria na qualidade do ar e no bem-estar a bordo para os usuários.

É importante ressaltar que não há ainda uma grande demanda das empresas de transporte público por ônibus elétricos. Isso ocorre porque a mudança de uma frota de ônibus convencional para uma de acionamento elétrico e a garantia da infraestrutura necessária podem ser mais complexas do que o planejado.

A Daimler Buses oferece consultoria às operadoras de transporte por meio dos serviços eMobility e Omniplus, como por exemplo, orientação individualizada, serviços e treinamento para as empresas que optam pela transição para os ônibus elétricos.

Tecnologia altamente desenvolvida como base para eficiência máxima

O eCitaro da Mercedes-Benz é produzido na mesma linha de todos os outros ônibus urbanos na fábrica de Mannheim. A diferença está na tecnologia de propulsão. Os modelos eCitaro que estarão disponíveis para testes nas cidades europeias são equipados com 10 conjuntos de baterias e capacidade total de 243 kWh, além de motores elétricos montados próximos aos cubos das rodas.

O gerenciamento térmico otimizado até o último detalhe, com o resfriamento da bateria, ar condicionado com bomba de calor e componentes conectados, é um destaque na fabricação de ônibus. Estes recursos garantem o consumo mínimo de energia, maior eficiência e autonomia. O fato de que o consumo de energia de um ônibus elétrico para o aquecimento e refrigeração pode chegar a 50% é um desafio para os especialistas.

Os chassis de ônibus elétricos Mercedes-Benz se caracterizam pela presença do Programa Eletrônico de Estabilidade (ESP), assim como pelo controle de rodagem e de inclinação. O veículo deve combinar segurança operacional, disponibilidade na rotina diária e segurança na condução, atendendo aos novos requisitos de emissões, como o Citaro já vem fazendo.

Citaro NGT híbrido da Mercedes-Benz expande presença na Europa

A mudança para os sistemas de propulsão elétrica no caso dos ônibus urbanos é um tópico complexo e requer amplas preparações. Assim, outra alternativa rápida e de menor investimento para implementação, além de ecologicamente correta, é o MercedesBenz Citaro NGT híbrido com propulsão a gás natural.

Com o módulo híbrido opcional, o Citaro NGT híbrido é até 8,5% mais eficiente. Os motores a gás emitem quase nenhum material particulado e as emissões de NOx também são muito baixas. Quando usado em conjunto com biogás ou gás natural, o Citaro NGT híbrido é quase neutro quanto ao CO. E é por essa tecnologia que os operadores de serviços públicos de Augsburg estão optando com seus seus novos ônibus híbridos Citaro NGT.

 

Em Oldenburg, também na Alemanha, a empresa VWG colocará em operação os primeiros Citaro NGT híbridos articulados do mundo. A demanda pela Europa é maior: em Bourges, na região central da França, a empresa de transporte STU Bourges também optou pelo Citaro NGT híbrido, bem como as operadoras espanholas EMT Madrid e Aucorsa Cordoba. Em Liubliana, capital da Eslovênia, as primeiras unidades de uma encomenda de 17 ônibus híbridos Citaro NGT estão para chegar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Senior da PB Rio Apache Vip V da Viação Pendotiba Apache Vip V da N.S. Penha Vissta Buss 360 da 1001 Torino da Turp Transporte Viação Águia Branca estreia o Marcopolo G8 Apache Vip V da Transportes Flores Apache Vip IV da Auto Viação Vera Cruz Viação Águia Branca recebe os primeiros Marcopolo G8 Apache Vip IV da Viação Araçatuba Novos chassis rodoviários Volvo para longas distâncias Apache Vip IV com a nova identidade da N.S. Penha