Usuários reclamam dos transtornos causados por obras da prefeitura no Terminal Rodoviário

Por Governo do Estado da Paraíba
Imagem Divulgação

A Prefeitura Municipal de João Pessoa solicitou e o Governo do Estado deu licença, desde 4 de outubro de 2018, para a construção de galeria no terreno anexo ao Terminal Rodoviário de Passageiros da Capital, destinada ao escoamento de águas pluviais que passam no local e desembocam na maré. A obra, de acordo com usuários das ruas adjacentes, tem provocado uma série de transtornos no tráfego de veículos de grande e pequeno porte.

A construção da galeria faz parte de um contrato assinado pela Prefeitura para execução dos serviços de recuperação de drenagem pluvial em diversas ruas da cidade. No caso específico do Terminal Rodoviário, a diretoria do DER esclarece que o imóvel está localizado na quadra 18, situado à Rua Francisco Londres, s/n, com 10.885 metros quadrados, de propriedade do Estado da Paraíba.

Alguns usuários têm se dirigido ao Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba, acreditando se tratar de uma obra do Governo do Estado, para reclamarem dos transtornos causados. Todos têm sido informados que a obra, embora passe por dentro de um imóvel do Estado, é de responsabilidade da administração municipal. Alguns reclamam que a galeria é feita com uma profundidade  significativa, especialmente naquela região de manguezal, sem nenhuma escora, como recomenda os órgãos responsáveis pela segurança do trabalho, para que sejam evitados possíveis acidentes. Atualmente, a Prefeitura Municipal, através da firma contratada, está escavando valetas com uma profundidade de aproximadamente cinco metros, chegando ao solo de mangue, em seguida instalando tubos de mais de 1,5 metros de diâmetro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.