Uma parte da história contada em fotos: Ciferal Papo Amarelo da Paraibano

Por Ônibus Paraibanos
Imagem Arquivo Nacional – Pesquisas Marcelo Prazs

Para muitos, a Expresso Paraibano resumia-se a operar a linha João Pessoa X Nova Cruz com vários carros agregados ou dos Ideales após a aquisição pela Viação Rio Tinto. Mas a empresa foi muito mais do que isso. Operou várias linhas no estado e foi uma das principais ligações entre o nosso estado e o sudeste do país.

A Expresso Paraibano surgiu entre as décadas de 40 e 50, na cidade de Guarabira, sendo fundada por Gustavo Amorim da Costa que era também parente dos donos do Expresso Guarabirense. Chegou a ser uma das maiores empresas de ônibus da Paraíba, constituindo linhas diárias e importantes de Guarabira para João Pessoa, Nova Cruz, RN, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo, chegando a concorrer com empresas importantes como Bonfim, Real e Nacional.

Paraibano

Em 1975 a Paraibano operava as seguintes linhas:

João Pessoa X Guarabira
Araruna X João Pessoa
Belém X João Pessoa
Caiçara X João Pessoa
Boqueirão X João Pessoa
Guarabira X Recife

Ainda nos anos 70, a Expresso Paraibano vende suas linhas João Pessoa X Rio de Janeiro e Guarabira X Rio de Janeiro para a Viação Itapemirim.

Mas a imagem de hoje mostra dois Ciferal Papo Amarelo da Expresso Paraibano no Campo de São Cristóvão, no Rio de Janeiro em 18 de julho de 1968. O local era o ponto de parada dos ônibus oriundos do nordeste com destino a capital fluminense.

O local abriga atualmente a feira de São Cristóvão ou feira dos Paraíbas, assunto que em breve abordaremos aqui.

Na matéria da época, o texto reclama do abandono do Campo de São Cristóvão, que a Paraibano usa oficina e garagem e na imagem mostra dois ônibus da empresa recolhidos no estacionamento do campo, além de um caminhão em manutenção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.