Ônibus Paraibanos

Colaboradores do Grupo A. Cândido se reúnem durante celebração de Natal

Por News Comunicação
Imagens Divulgação

Valores da família são sempre ressaltados na missa

Foi com o tema “Natal de Luz. Nasceu o menino Jesus” que as empresas que formam o grupo A. Cândido, formado pelas empresas Unitrans, Santa Maria, Unidas Mercedes-Benz e Transnacional Fretamento (antiga TBS), comemoraram a chegada do período natalino neste último sábado (15). O evento, que acontece há mais de 25 anos e é sempre marcado por uma missa na garagem da Unitrans, em Água Fria,  contou com a presença de diversos convidados ligados ao setor de transportes, a exemplo do ex-Diretor Executivo da AETC-JP, Mário Tourinho, e o ex-Secretário de Mobilidade Urbana de João Pessoa, Carlos Batinga, além de colaboradores das empresas.

Um momento de renovação de fé para todos os colaboradores do grupo

Este ano, pela segunda vez, quem celebrou a cerimônia foi o padre Nilson Nunes, do Santuário Mãe Rainha. A missa teve início às 9h com o acolhimento do público e a entrada dos diretores das empresas do Grupo A. Cândido. Logo no início, o padre lembrou de quão difícil foi o ano de 2018 para muita gente e destacou que 2019 será um ano de esperança.

Padre Nilson Nunes presidiu a missa 2018 do Grupo A. Cândido

“Mais um ano se finda e com ele, devemos também renovar nossa fé e esperança. Este é um período (Natal) de luz em tempos de trevas”, começou. “É Jesus que virá para trazer esperança e discernimento”, frisou o padre Nilson, dando continuidade à primeira leitura do livro de Isaias, explicando sobre os pastores e os cordeiros, usados para sacrifícios e que quando Jesus nasceu, Ele passou a ser “o Cordeiro de Deus que tira os pecados do mundo”, deixando, portanto, os judeus, de matar seus cordeiros e oferecer em sacrifício.

Apresentação das crianças durante o evento

Durante toda a eucaristia, o religioso falou sobre renovação. “Este ano, precisamos de transformação, renovação. Em nome Dele, estejamos aqui e vamos vencer todos os obstáculos. tenha certeza de que tudo vai passar e que tudo é possível àquele que crê”, disse ele, prosseguindo com cânticos de louvor a Jesus.

Missa 2018 do Grupo A. Cândido

Após a entrada dos colaboradores trazendo em mãos representações das empresas para colocar no altar, o diretor da Unitrans, Alberto Pereira, falou aos seus convidados. “Agradeço a presença de todos aqui hoje. sei como é difícil deixar seus afazeres, sua folga, para sair de casa, muitas vezes no calor, para estar aqui. Mas, como isso tudo é um momento de confraternização feito para vocês, espero que tenham gostado, comentou o diretor, acrescentando que o ano de 2019, será de desafios. É  um ano de transição de governo, depois de um ano difícil, mas vamos seguir sempre com o nosso objetivo de fazer nossa família forte e bem melhor”, concluiu.

Padre Nilson Numes, no momento da Comunhão

Em seguida, o irmão de Alberto, Agnelo Nascimento, diretores do Grupo A. Cândido, também deixou sua mensagem. “Quero agradecer a todos pela presença. também ao padre Nilson, por conduzir tão bem esse evento, e dizer que 2019 será um ano realmente importante”, comentou, frisando que a insegurança é um dos maiores problemas a serem pensados pelos novos governantes. “Eu só espero que os governantes resolvam a questão maior da família, que é a de não saber se seu filho, filha, marido, esposa, chegou bem em casa, no seu trabalho. Pecamos a Deus que Ele ilumine esses governantes para combater a  insegurança e a pobreza”, disse Agnelo.

Mario Luna, Diretor de pós-vendas da Unidas Mercedes-Benz, disse que esse é um evento importante para o colaborador do Grupo. “É um momento em que nos encontramos e nos confraternizamos, exaltando a família e seus valores”, comentou. Já para o motorista da Unitras, José Francisco de Assis, que estava na missa com sua esposa, Luzinalva de Assis, e suas vizinhas, essa ação do Grupo A. Cândido é única. “Eles cuidam da gente, de nossa família como ser humano. Isso não se vê em empresa alguma”, destacou o motorista que já tem 22 anos de profissão.

O motorista José Francisco de Assis, com a esposa, Luzinalva, e vizinhas

“A grande dificuldade do setor de transportes em relação aos seus colaboradores é justamente unir todos em um só momento. O setor nunca para. E o Grupo consegue fazer isso de forma espontânea”, explicou o diretor executivo da Transnacional  Fretamento (antiga TBS), Joselito Pereira. Ele esteve na confraternização com sua esposa, Nielma, e sua filha, Juliane.

O evento terminou por volta das 11h30, com uma apresentação dos filhos dos colaboradores e um lanche coletivo.

Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.