ANTT dá anuência, e Águia Branca assume o controle da Expresso Brasileiro; marca pode ser extinta

De Ônibus Paraibanos
Por Josivandro Avelar
Imagens JC Barboza

IMG_6408

A ANTT deu anuência à transferência de controle da Expresso Brasileiro Viação para a Viação Águia Branca, o que dá aval para que, se a empresa capixaba quiser, fundir de vez suas operações dando fim à marca Expresso Brasileiro, tal como a Gontijo fez em situação parecida com a São Geraldo.

A anuência foi concedida através da Resolução Nº 5.406, de 17 de agosto de 2017:

Com a autorização, a Viação Águia Branca assume o controle das operações da Expresso Brasileiro, de modo que ela não precisa de autorização para operar as suas linhas, ou seja, ela pode fundir suas operações com as da Expresso Brasileiro sob a bandeira da Águia Branca.

Desse modo, a Águia Branca conquista uma ligação rodoviária de extrema importância: as linhas que ligam Rio a São Paulo.

História de tradição e concorrência acirrada

A Expresso Brasileiro foi fundada em 1941, pelo imigrante espanhol Manuel Diegues. Operando inicialmente a rota São Paulo/Santos, foi crescendo rapidamente até conquistar linhas como a Rio/São Paulo, onde enfrentou concorrência acirrada com a Viação Cometa.

Nos anos 1960, a empresa foi vendida ao empresário Antônio Romano, que começa a investir na empresa de modo a recuperar a posição de destaque da empresa no mercado rodoviário. É na gestão dele que, nos anos 1980, surgem os clássicos Magnatas.

Em 2011, a empresa muda de mãos de novo; dos Romano para o Grupo Santa Cruz, que estabelece uma nova identidade visual e novas categorias de serviço, e passa a se resumir somente às ligações Rio/São Paulo. As linhas que ligavam São Paulo ao Litoral Paulista já haviam sido vendidas a outrora rival Viação Cometa.

IMG_6701

Assim sendo, o Grupo Águia Branca é o quarto controlador da Expresso Brasileiro, podendo manter ou extinguir a marca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.