Biometria facial nos ônibus vai evitar fraudes nos cartões de gratuidade, diz STTP

De Paraíba Online
Imagem Diego Rhamon

a07d8a631d52bf9ae88ed88e26537d9e

O superintendente de Trânsito e Transporte Público de Campina Grande (STTP), Félix Neto, comentou sobre a instalação da biometria facial nos ônibus da zona sul da cidade.

Em entrevista à Rádio Correio FM, nesta sexta-feira, 11, Félix afirmou que 20 ônibus terão o dispositivo e que os maiores beneficiados são as pessoas com deficiência e os estudantes.

– Nesse primeiro momento é um projeto piloto, onde 20 ônibus de Campina recebem a biometria facial. A biometria facial será utilizada nos ônibus da área sul e, inicialmente, os beneficiados serão os deficientes, que quando apresentarem o cartão não vão mais precisar colocar a digital. Então, o leitor fácil já vai reconhecer a face da pessoa sem perder aquele tempo com a digital, que gerava filas. Também serão acolhidos os estudantes. O leitor vai dar agilidade, sem gerar filas, e também vai evitar fraudes de pessoas que utilizam o cartão dos deficientes – comentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *