60 anos e a sustentabilidade ambiental

por:

ChassisPostagens MISC/Variadas

De Revista Auto Bus
Imagem Divulgação

IMG-20170602-WA0009

Os 60 anos da Scania no Brasil, festejados neste ano, não são lembrados apenas pela importância de ser uma das primeiras montadoras de veículos a se instalar no mercado nacional, trazendo toda a sabedoria e experiência na fabricação de caminhões e ônibus com a mais moderna configuração.

A marca ressalta que não tem poupado esforços, nestas seis décadas brasileiras, para a diminuição do impacto ambiental e geração de valor para seus clientes, apoiando-se na combinação de três pilares principais: transporte inteligente, combustível alternativo ou eletrificação e eficiência energética. “A preocupação com a redução de CO² (dióxido de carbono), causador do aquecimento global, é prioridade não só no desenvolvimento dos nossos produtos como também em nossos processos”, observou Vera Lúcia Tavares, responsável pela área de Suporte Ambiental da Scania Latin America.

Uma das medidas ambientais tomada pela Scania foi a de fazer do colaborador um forte aliado na redução dos impactos ambientais e na disseminação de práticas sustentáveis, o que proporcionou um olhar mais cuidadoso em seus processos. Outras ações, como a redução no consumo de energia elétrica e gás, reutilização de água das chuvas, torneiras com regulador de vazão e água de reuso em sanitários, se destacam em sua política ambiental. “Hoje cerca de 86% dos resíduos produzidos na operação industrial de São Bernardo do Campo são destinados à reciclagem ou reuso, mas esse número tende a crescer. Nosso objetivo e aumentar cada vez mais o percentual destinado à reciclagem, sem aumentar os volumes de resíduos gerados”, disse Vera.

E ainda nas comemorações de seus 60 anos, a Scania iniciou há alguns dias a contagem regressiva para a data oficial de seu aniversário (2 de julho) expondo aos colaboradores da fábrica de São Bernardo do Campo (SP) cinco  veículos antigos (quatro caminhões e um ônibus) da marca em um momento para exaltar a paixão pela marca. Os colaboradores  tiraram  muitas fotos e ouviram dos proprietários um pouco da  história de cada um deles.

Quem já trabalhava na fábrica na época da fabricação dos modelos também pôde  matar a saudade e relembrar passagens marcantes da época e contar aos mais  novos. O ônibus apresentado tem chassi K 112, ano de fabricação 1985, que foi utilizado pelo Expresso Brasileiro de Viação na rota São Paulo – Rio de Janeiro. O veículo se encontra em excelente estado de conservação.

Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.