Não é de hoje que o problema do Esplanada é a mobilidade urbana

Fonte: Portal Ônibus Paraibanos
Matéria/Texto: Josivandro Avelar
Fotos: Acervo histórico Paraíba Bus Team

100_2395

No dia 24 de abril, o Portal Ônibus Paraibanos postou uma matéria sobre a mobilização dos moradores do Esplanada para evitar a fusão da linha que atende e tem ponto final no bairro, a 102, com a linha A101, prejudicando seriamente a comunidade. Porém os problemas do Esplanada no que dizem respeito a mobilidade urbana não são de hoje.

Em 1985 – o conjunto foi inaugurado cinco anos antes -, os moradores do Esplanada chegaram a solicitar a então STP (Superintendência de Transportes Públicos) uma linha que partisse do bairro para a Pedro II, um pedido que já havia sido feito de algum tempo, mas nenhuma resposta havia sido dada. Logicamente, a linha não foi criada.

Os moradores também solicitaram naquele ano melhorias no acesso viário que liga o bairro à BR-230 – não é relatado no jornal qual é a rua, mas seria a Lourenço César, que possui ligação com a BR atualmente. Para quem não sabe, a rua fica na lateral do Makro.

A linha 102, antes do Costa e Silva, passou a fazer ponto final no Esplanada em 1998. Hoje, os moradores do bairro reinvidicam à Semob que a linha e o ponto final não sejam extintos, num momento em que a comunidade cresce e um novo condomínio está para ser inaugurado na área, elevando a demanda. A Semob quer fundir a linha 102 com a A101, partindo do terminal do Funcionários II, fusão essa já feita uma vez e que não deu certo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.