O “Santo Forte” da São Geraldo

Fonte: Revista Technibus / Portal Ônibus Paraibanos
Fotos: Alex de Souza Cornélio / São Geraldo



Durante a semana, noticiamos com tristeza o fim de uma das mais tradicionais empresas rodoviárias do país, a Cia. São Geraldo de Viação. Com isso, á partir de hoje traremos histórias e curiosidades sobre essa empresa que deixará saudades em seus fãs, entusiastas e passageiros tradicionais da São Geraldo. Hoje falaremos da TV SantoForte.

A Companhia de São Geraldo de Viação, a chamada São Geraldo, criou a TV SantoForte em 2003 com programação exclusiva de televisão com os maiores sucessos da TV Globo. O cardápio reunia programas líderes em audiência: Casseta e Planeta, Brasil Legal, Globo Repórter, Caminhos da Aventura, A Grande Família e Me leva Brasil. “Estamos investindo em diversão cinco estrelas, para tornar a viagem ainda mais agradável e dar ao nosso passageiro a gostosa sensação de estar em sua própria casa”, explicou a época a diretora de marketing da São Geraldo, Simone Porcaro. Eram nove horas de programação exclusiva a bordo apresentadas por um personagem, o Santo Forte, criado pela equipe da São Geraldo e formalizado pelo cartunista Ziraldo. Quem faz o papel do SantoForte é o ator Tadeu di Pietri.


Pietri encarnava o SantoForte vestido com longa túnica branca com a imagem da São Geraldo. Ele entrava nas “janelas” da programação, trazendo informações e serviços. O personagem não é só um elo de ligação, mas serve para dar alma à programação. Pietri fazia entrevistas nas rodoviárias e durante as viagens, registrava as emoções dos passageiros. Ria, se emocionava, relatava histórias de saudades, o sonho e a busca por uma vida melhor. O SantoForte falava de gente retornando às suas origens, de reencontros, enfim, de flagrantes de como o ônibus faz a ponte que une realidades e sonhos.


A programação entrou no ar em 24 de julho de 2003. No total, eram 89 Ônibus batizados pela empresa de Millennium, na configuração semi-leito de 42 lugares, com poltronas que reclinavam até 55 graus. Os veículos tinham descanso para as pernas, três monitores de TV, lanche, água mineral, travesseiro, lençol, manta e ar refrigerado. Outros 86 eram ônibus Vip Bus – executivo de 46 lugares, poltronas reclinando até 45 graus, com dois monitores de TV.


Os itinerários eram vários, ligando capitais do Sudeste com o Nordeste e com o interior, totalizando 96 cidades grandes e médias, em 17 estados e o Distrito Federal. Ônibus com TV a bordo não foi a primeira inovação da São Geraldo. Também foi pioneira na venda de passagens financiadas e online, e em sala especial de atendimento em rodoviária, climatizada, com água gelada e os clientes sentados. Na São Geraldo é assim mesmo: tudo é feito para o passageiro se sentir confortável como em sua casa.


E essa tradição deixará de existir em breve….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Busscar Vissta Buss DD da Auto Viação Catarinense A nova linha Marcopolo G8 Paradiso DD Rota Transportes com soluções Marcopolo BioSafe Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 06/2021 O novo Apache Vip Os raros El Buss da Gontijo Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental