Motoristas de ônibus fazem protesto em vias centrais de João Pessoa

Fonte: G1 Paraíba
Foto: Walter Paparazzo


O trânsito ficou lento em pelo menos cinco pontos de João Pessoa na manhã desta segunda-feira (14) durante o protesto dos motoristas de ônibus. Os manifestantes reclamam de uma nova resolução da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) que limita a idade máxima dos ônibus e dos micro-ônibus a 15 anos de validade desde a data de fabricação do chassis nos casos de viagens interestaduais e internacionais.

O protesto começou na BR-230, próximo ao estádio Almeidão, passou pela Avenidas Cruz das Armas e Vasco da Gama, pela Lagoa do Parque Solon de Lucena e por volta das 11h45 desta segunda-feira estava no Terminal Rodoviário de João Pessoa. Em uma das faixas do protesto, presa em um dos ônibus, os manifestantes pediam “ANTT, deixa a gente trabalhar”.
Este foi o segundo protesto do tipo na Paraíba em menos de um mês. No dia 19 de agosto, cerca de 150 vans e 80 microônibus fizeram um trajeto que saiu do estádio Ronaldão, no bairro do Cristo, passou pelas ruas centrais de João Pessoa, e seguiu pela BR-101 até o posto da Polícia Rodoviária Federal de Mata Redonda.
 
De acordo com a assessoria de imprensa da ANTT, alguns ônibus mais antigos não oferecem itens obrigatórios, o que coloca em risco a segurança dos passageiros. Assim, a resolução foi expedida justamente porque a agência tem que regular o setor para garantir essa segurança. O objetivo da resolução, segundo a agência, é regulamentar o transporte para trajetos curtos, de até 540 km, mas que isso exige algumas adequações dos veículos.
 
A resolução da ANTT, publicada em julho deste ano, determina ainda que os ônibus e micro-ônibus devem passar por inspeção anual, regulamenta a quilometragem dos ônibus de fretamento turístico nas modalidades de traslado e passeio local, estebelecendo um limite de 540 km por licença de viagem.
Com relação à idade máxima, o órgão estabeleceu um calendário de adequação da frota que vai até 2025. A idade máxima será de 25 anos a partir de 2016 e vai diminuindo um ano de idade anualmente, até que em 2025, a idade máxima seja de 16 anos e em 2026 as empresas e os demais ônibus que fazem itinerários interestaduais e internacionais passem a cumprir a determinação de limite de 15 anos desde a data de fabricação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Busscar Vissta Buss DD da Auto Viação Catarinense A nova linha Marcopolo G8 Paradiso DD Rota Transportes com soluções Marcopolo BioSafe Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 06/2021 O novo Apache Vip Os raros El Buss da Gontijo Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental