Cidade de Maceió – Teste do chassi Agrale MA 17.0

by:

AlagoasChassisÔnibus Urbanos

Fonte: Portal Allbus
Texto: Thiago Alex
Fotos: Rodrigo Fonseca / Thiago Alex

As empresas urbanas de Maceió mostram-se cada vez menos dependentes a marcas que para elas em outrora eram insubstituíveis, nos últimos 2 anos pode-se acompanhar a troca de fieis montadoras tanto em termos de carroceiras quanto chassis. Parcerias que em alguns casos ultrapassavam a fiel marca de aproximadamente 15 anos de hegemonia, e tiveram uma pausa devido a uma gama de opções, preço, feedback, aquisição de revendas, tempo de oferta, qualidade, modernidade tecnológica ou simplesmente por novas oportunidades de mercado.

Em pouco menos de um ano, mais precisamente em 8 meses, outro fato raro na cidade vem acontecendo frequentemente, diversas marcas (de carrocerias e chassi) constantemente apresentam nas sedes das empresas seus produtos e lançamentos a título de exibição, porém nos últimos tempos as empresas tiveram a curiosidade de ver na prática como seria/será alguns modelos em condições real de uso, a Mercedes-Benz disponibilizou um produto que foi testado nas empresas Real Alagoas de Viação e Auto
Viação Veleiro
 respectivamente (1115 e 8100), num passado próximo a Real Alagoas de Viaçãotestou um Neobus Mega 2006 sob Volkswagen 17-230 OD (1224), resultando na compra de vários
produtos das duas montadoras.

Desta vez o teste não se concentra apenas a uma empresa, mas ao conhecido grupo das três irmãs (Viação Cidade de Maceió, Massayó Transporte e Turismo, e Auto Viação Nossa Senhora da Piedade), para teste o veículo ficou fixo na empresa Viação Cidade de Maceió com número de ordem 5000 e prazo de teste de 1 mês na linha 230 – Forene – Trapiche
nos dias úteis da semana, desta forma 100% das empresas demonstram/demonstraram estarem aptas as mudanças, visto que além das empresas supracitadas a Empresa São Francisco (série 7xx4) também renovou mudando seus paradigmas.

Com carroceria Marcopolo Torino 2007, padrão já em uso pelas empresas do grupo, o teste concentra-se sob o chassi Agrale, modelo MA 17.0, com motor MWM MaxxForce 7.2 com 6 cilindros em linha, possui 225 cv de potência, caixa de marcha Eaton de 6 velocidades. Vale salientar que é o primeiro teste externo na história do grupo, mesmo com a crise econômica que assola o país e diante do processo licitatório para transporte coletivo urbano de Maceió com edital já lançado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.