Jaboatão quer reestruturar sistema municipal de transporte público

Fonte:
Diário de Pernambuco
Matéria / Texto: Rosália Vasconcelos
Foto: Marcelo Soares



Após o acidente envolvendo um micro-ônibus do sistema complementar de
transporte de Jaboatão dos Guararapes, deixando uma pessoa morta, a prefeitura
anunciou mudanças no modelo rodoviário municipal. Segundo o secretário
executivo de Mobilidade, Werner Brito, a previsão é de que em março seja
realizada a licitação para definir quais empresas vão atuar no novo sistema, que
deve entrar em operação a partir do dia 10 de agosto de 2015, quando vencem as
concessões do atual sistema.

De
acordo com levantamento da prefeitura, hoje 75% da população da cidade usa o
transporte municipal complementar e apenas 25% utiliza os ônibus tradicionais.
Na prática, esse número significa que rodam nas vias de Jaboatão 310
micro-ônibus e 54 kombis (ambos complementares) e 43 ônibus regulares, além de
cerca de 150 veículos que circulam clandestinamente. “O novo modelo quer
reverter essa situação. Queremos um sistema de transporte eficiente, que
otimize também nossa fiscalização”, disse o secretário executivo de mobilidade.
 
Os
micro-ônibus deveriam ser um complemento ao transporte regular, mas não é o que
acontece em Jaboatão. “Esse sistema que se perdura dificulta a nossa
fiscalização, que tem um efetivo pequeno para a demanda e não é interligado com
outros modais, como o metrô”, reconheceu o secretário. Ele justificou que ao
longo dos anos não foi feito nenhum mapeamento da situação do sistema de
transporte de Jaboatão, o que permitiu a situação atual que, segundo suas
próprias palavras, é um modelo bastante ultrapassado.
 
Para
reestruturar o sistema vigente, um estudo técnico está em andamento e deve ser
concluído no próximo dia 15 de dezembro. Em seguida, uma empresa será
contratada para desenvolver um novo modelo de operação do transporte municipal,
adequado à demanda de Jaboatão, que tem uma população de 700 mil habitantes. Só
depois desse processo, será realizada a licitação. “Durante a elaboração do
novo modelo, vamos definir as linhas, os percursos e as novas tarifas e novas
rotas. Chegamos a essas informações através de uma pesquisa de opinião
realizada este ano com a população”, explicou Werner Brito.
 
As
permissões do transporte complementar em Jaboatão, que têm validade de dez
anos, venceriam no último dia 10, mas foram prorrogadas por oito meses (até 10
de agosto), período necessário para estruturar o novo modelo. “Como 75% da
população usa os micro-ônibus, foi necessário prorrogar o prazo, para que as
pessoas não ficassem sem transporte.
 
Como funciona o sistema de transporte
de Jaboatão

São:

313 permissionários (concessões)
20 linhas do sistema de transporte é complementar
03 linhas respondem pelo sistema regular
10 anos é o prazo da concessão
08 anos é o tempo máximo de uso do veículo
Outros números

43 é quantidade de ônibus que rodam no município
310 micro-ônibus circulam na cidade
54 kombis atuam no sistema de transporte
150 é a estimativa do número de veículos que rodam clandestinamente na cidade
R$ 1,90 é o preço médio da tarifa dos micro-ônibus complementares
Fiscalização

396 fiscalizações foram feitas
60% dos veiculos fiscalizados não tinham seguro de responsabilidade civil
40% dos veículos inspecionados tinham mais de oito anos de uso
49 micro-ônibus estão em processo de cassação
56 agentes fiscalizam o sistema de transporte de Jaboatão
150 agentes seria o necessário para fiscalizar o sistema de transporte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança Novos Paradiso DD da Catedral Relembre os Alphas do intermunicipal paraibano