Primeiro veículo produzido no Espírito Santo vai ser lançado em janeiro

Fonte: TV Gazeta
Foto: Marina Peluso Bueno da Silva

A primeira linha de micro-ônibus produzidos no Espírito Santo vai ser lançada em janeiro de 2015, de acordo com a
empresa fabricante Volare, do grupo Marcopolo, localizada em São Mateus, na
região norte do Espírito Santo. Inicialmente, a previsão de saída era setembro,
mas por problemas com o solo do local onde a montadora está instalada e a crise
do mercado automobilístico nacional contribuíram para o atraso.

Segundo
o diretor da Volare São Mateus, Gelson Zardo,
os operários contratados pela montadora encontraram dificuldades diante do solo
arenoso da área. “Estamos enfrentando problemas para fazer a compactação do
solo, que é muito arenoso. Como entramos no período de chuvas, que deixa o
local com muita lama, e de final de ano, optamos por deixar o primeiro veículo
para janeiro. É claro que o momento complicado do setor automobilístico também
contribuiu, afeta os processos de toda a cadeia”, explicou.
 
Zardo
ainda destacou o momento complicado do setor
automobilístico. Segundo números da Federação Nacional de Distribuição de
Veículos Automotores (Fenabrave) a venda de ônibus caiu 12,5% em 2014, se
comparado com os primeiros dez meses de 2013.
 
O
diretor garantiu a manutenção dos investimentos anunciados. As três primeiras
fases do empreendimento vão receber um aporte que ultrapassa R$ 100 milhões. A
primeira fase será inaugurada em dezembro e a segunda está em andamento.
 
“O
recado da direção da empresa é para que
toquemos as obras. Em São Mateus, já temos 50 mil metros quadrados de área
construída contratados. Pode haver uma postergação ou outra na compra de
máquinas e equipamentos, mas as obras físicas não terão o cronograma alterado.
Até porque, temos de estar preparados quando o mercado voltar a crescer”,
completou.
A
previsão é de que 800 veículos sejam produzidos até o fim de 2015. Para 2016,
com a segunda fase já operando, a meta sobe para duas mil unidades. Para 2017,
com a terceira fase em operação, o objetivo é produzir três mil veículos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança