VLT da Grande João Pessoa está montado, começa a ser testado em dezembro e tarifa se mantém em R$ 0,50

Fonte:
Portal Correio
Fotos: Divulgação


O primeiro dos oito trens do Veículo Leve Sobre Trilhos da Grande João Pessoa
já está em fase final de montagem, no pátio da estação Cabedelo e deve
funcionar em fase de testes a partir de dezembro. Segundo a Companhia
Brasileira de Trens Urbanos na Paraíba, os novos veículos não devem encarecer
as tarifas que vão continuar custando R$ 0,50.

Nesse domingo, o VLT já fez a primeira locomoção nos trilhos paraibanos,
em um percurso de cerca de 1 km entre o local onde foi descarregado e o pátio.
De acordo com a CBTU, não houve nenhuma dificuldade, apesar de ainda necessitar
de ajustes e testes para começar a operar comercialmente.


De acordo com o superintendente da CBTU em João Pessoa, Wladme Macêdo, a
previsão é que até o início de 2015 o VLT comece a funcionar diariamente e de
forma integral no sistema de trens urbanos da Capital.

A cada dois meses a fábrica Bom Sinal deve entregar um VLT. Cada um tem três
vagões e capacidade para 600 pessoas. A entrega do VLT é uma das etapas do
projeto de modernização do sistema de trens urbanos de João Pessoa, que ainda
terá a contratação de uma empresa especializada para realizar os estudos e
apontar as necessidades de construção e adequação das estações, via férrea,
remodelação da oficina e demais obras de melhoria nos 30km do sistema.

Nesta etapa, a aquisição do VLT representa um investimento da ordem de 70
milhões, oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Equipamentos,
do Governo Federal.

Com o novo trem, a população terá, em curto prazo, viagens mais confortáveis,
rápidas, seguras e muito mais baratas. O superintendente da CBTU em João Pessoa
disse ainda que não há previsão de reajuste da tarifa. “A melhoria do
transporte ferroviário de passageiros não irá representar aumento na passagem,
que permanecerá por um bom tempo ainda por R$ 0,50 (cinquenta centavos)”,
assegura.

Técnicos da CBTU em João Pessoa já trabalham na elaboração de uma nova grade
horária, na qual deve mostrar que o tempo de espera nas estações será reduzido
por conta da maior quantidade de trens em operação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança