Empresas de ônibus apostam no aumento de passageiros durante a Copa

Fonte: Agência Brasil

Fotos: JC Barboza

As empresas de ônibus
apostam em aumento no movimento de passageiros durante a Copa do Mundo. Para o
presidente da Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de
Passageiros (Abrati), Paulo Porto Lima, o transporte rodoviário será uma boa
alternativa para os turistas por causa do preço da passagem, em relação aos
bilhetes aéreos, e o tamanho da frota disponível.  Segundo Porto Lima, a
frota atual chega a 14 mil veículos, e será possível aumentar em mais de cinco
vezes a oferta de assentos, como já ocorre em feriados prolongados, entre eles
Natal, Ano-Novo e carnaval. “As viagens de até 600 quilômetros serão o foco do
setor rodoviário”, disse.

De acordo Porto Lima, os
preços das passagens rodoviárias também deve ser outro atrativo. “Tanto hoje
como no período da Copa, uma passagem ligando Guarulhos ao Rio de Janeiro pode
custar a partir de R$ 49. Já um bilhete entre as capitais paulista e fluminense
poderá ser adquirido por menos de R$ 80. Nesses mesmos trechos, o preço dos
bilhetes aéreos varia de R$ 200 a R$ 1.500”, informou.
A Abrati estima que a oferta
de linhas para uma ou mais cidades-sede da Copa deve elevar o total de
passageiros em, pelo menos, 15%. Atualmente, o setor transporta 70 milhões de
pessoas por ano, segundo o presidente. As empresas que operam linhas de média distância
estimam expansão maior, de até 30%.
Devido à estimativa de que
600 mil turistas estrangeiros virão ao Brasil para o Mundial, várias empresas e
terminais rodoviários contrataram pessoal especializado bilíngue para
atendimento.
Na Rodoviária Novo Rio,
segundo maior da América Latina em movimentação de passageiros, o movimento
também deve ser maior durante o evento esportivo. O Consórcio Novo Rio, que
administra o terminal, estima aumento de 30% de passageiros brasileiros e 40%
de turistas estrangeiros.

Segundo a relações públicas
do consórcio, Beatriz Lima, a movimentação deve ser a mesma da registrada em
julho do ano passado, por ocasião da Jornada Mundial da Juventude, quando 1,5
milhão de viajantes passaram pela rodoviária durante os 12 dias do evento. Ela
acrescentou que a demanda cresceu, principalmente, no final da jornada.
Para atender à demanda, o
terminal deverá ter, pelo menos, 30% de saídas extras, em especial nos dias que
antecedem os jogos no estádio do Maracanã. Em dias de muito movimento, chegam a
circular 1,2 mil ônibus no terminal, contando com os extras, disse a
representante. A rodoviária tem capacidade para até 5 mil embarques ou
desembarques nas 76 plataformas. Em média, cada plataforma atende  a cerca
de dois ou três ônibus, por hora. Nos dias anteriores e das partidas da Copa,
estima-se que cerca de 45 mil pessoas embarquem e desembarquem por dia.

“Nós vamos para a Copa com
comunicação visual trilíngue e vamos contratar um número maior de
recepcionistas bilíngues”, informou a relações públicas. Será inaugurado um
novo balcão de informações para turistas no desembarque inferior. O consórcio
deverá fechar também parcerias para informar os turistas sobre hospedagem mais
barata e outros serviços.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança