Conhecendo as linhas: Do Jardim Veneza ao 104 – Bairro das Indústrias

Fonte: Portal Ônibus Paraibanos
Matéria / Texto: Kristofer Oliveira / Josivandro Avelar

Fotos: Acervo Paraíba Bus Team

O Bairro das Indústrias situa-se na região sudoeste da
cidade, vizinho ao Distrito Industrial e Jardim Veneza. A sua criação foi
impulsionada após a instalação do Distrito Industrial em João Pessoa.


 A 104 nasceu justamente da antiga linha do Jardim Veneza que tinha o seu
terminal no bairro homônimo e fazia praticamente o seu atual trajeto, sendo
operada pela Etur. Com a demanda do novo bairro, e já tendo a linha 115 uma
quantidade de passageiros significativa, a solução foi estender a linha do Jardim Veneza ao Bairro das Indústrias.


Os problemas atuais de superlotação já eram presentes desde os anos 80, tanto
na Etur como na Transurb, que assumiu a linha no fim dos anos 80. Quanto a
frota em ambas operadoras, constituía-se basicamente de Caio Gabriela.


Tempos na Transurb e início na São Jorge

Com a operacionalização da Transurb na primeira parte dos anos 90, a frota da
104 deu uma grande melhorada, com carros mais novos, tais como Caio Vitória e
Torino 1989, apesar dos Monobloco O-364 e Caio Amélia se fazerem presentes. Era
a linha com a segunda maior quantidade de carros da empresa,

contando com oito
ônibus. 

A partir de 1998 a 104 passa a ser operada pela São Jorge, após o Grupo A
Cândido adquirir a Transurb e fundar tal empresa.

Começo dos problemas

Até antes da São Jorge adquirir a Boa Vista, a linha passa por uma grande fase,
recebendo carros novos, tal como Torino 1999 e com a assiduidade dos carros de
forma satisfatória. Mas o que é bom acaba. Os carros mais novos da empresa que
rodavam na linha são remanejados para as 2300 e 519 e passa a receber GV’s,
tanto os da época da Transurb como os que vieram da Nacional. Com a
precarização da manutenção da frota, tendo esta triplicada de tamanho, as
quebras são constantes, aumentando o tempo de espera, e consequentemente,
superlotando os ônibus.

No ano 2000 o Bairro das Indústrias sofre um boom
imobiliário com o Loteamento Cidade Verde. A linha 104 sofre sua terceira
extensão, trocando de terminal, junto com a linha 1001. Com a implantação da
segunda etapa do loteamento mencionado, ao invés da São Jorge alterar mais uma
vez a 104, opta em criar uma integracional, eis aí que surge a I012.

Melhorias após mobilizações

A frota passa por uma melhoria após a entrada de Viale e Apache Vip I na linha,
porém, o problema de superlotação é gritante. Era raro de se ver um veículo da
linha andando relativamente vago sem ser de madrugada. Enquanto a São Jorge
amenizou os problemas de transporte do Valentina, colocando mais trucados e
introduzindo veículos articulados nas 1519 e 5120, o descaso com o Bairro das
Indústrias era gritante.

A população se mobilizou acionando a atual Semob,
realizando abaixo-assinado, mas, continuavam a fazer vista grossa, jogando a
culpa para o congestionamento do trânsito. Como pacificidade e política de boa
vizinhança em determinadas situações não funciona, quando as manifestações
ocorreram e era iminente a revolta tomar sérias proporções, além de a mídia
televisiva expor os fatos, as soluções foram aparecendo. Um trucado passou a
reforçar a linha no horário de pico pela manhã, assim como outros extras ao
longo do dia quando a demanda aumentava.

Atualidade

Com a inauguração do Residencial Jardim Veneza no Vieira Diniz, em março do ano
passado pela presidente Dilma, que possuem 576 residências, a demanda da 104
passou a ter um grande acréscimo de usuários. Após reunião com a comunidade e
diretores da Semob, ficou acertado que no horário de pico cinco viagens
partiriam do residencial no Vieira Diniz, via Acesso Oeste. Comitantemente,
cinco viagens extras partiriam do terminal da linha nos horários de pico e
trafegariam pelo Acesso Oeste no sentido centro.


Atualmente a frota da linha é composta pelos fixos: 0212, 0227, 0230, 0251, 0287, 0288, 0289, 0290, 0296 e 0297. O 0251 que chegou ao ano passado
quebrou um jejum de doze anos na 104, na qual não recebia carro zero desde os
Torino 1999. A linha também roda no sistema bacurau, com Apache Vip ou Torino
2007 sem cobrador. 


Uma particularidade da linha é que ela possui quatro variações de percurso,
tendo a maior variação das linhas da capital. Além do seu trajeto normal, partindo
do bairro e passando pelos Novaes, tem o “via feira”, na qual passa pelo
Oitizeiro no sentido ida e volta, ao invés de passar pelos Novaes. As outras
duas foram citadas acima, que funcionam no horário de pico. Outra
particularidade ocorre com alguns carros que fazem a primeira viagem do dia,
que partem como 104 do terminal e retornam ao bairro fazendo a linha 115, reforçando-a. Normalmente a troca do letreiro ocorre no Mercado Central.

Mediante a demanda da linha, a frota está muito aquém da que deveria ter. Ela
porta veículo articulado, mas claro, para isso ocorrer, a prefeitura teria quer
dar sua contrapartida ao melhorar as condições de tráfego no Bairro das
Indústrias, Vieira Diniz e Jardim Veneza.

3 comentários em “Conhecendo as linhas: Do Jardim Veneza ao 104 – Bairro das Indústrias”

  1. A história ai ta meio vaga, faltou mencionar as subdivisões da 104 depois da inauguração do Lot. Cidade Verde, já que parte da frota seguia até a comunidade Padre Ibiapina, Uma parte trafegava apenas até a segunda etapa do Loteamento e outra ainda seguia até a Terceira etapa do Cidade Verde. Nesse Período a linha 115 não trafegava pelo Padre Ibiapina em 2005 com a expansão da linha o 104 passa a trafegar apenas em direção ao Cidade Verde, e com a crescente demanda do Loteamento a linha 1001 também é ampliada até o Cidade Verde.

  2. Você não deve ter lido tudo e também acredito que vc não compreendeu a proposta da matéria. Se eu e o Josivandro fosse detalhar todo o percurso e peculiaridades atuais da 104 o título seria outro. Caso você queira fazer uma matéria mais detalhada da atualidade da linha sinta-se a vontade, e nos envie para publicarmos. Kristofer Oliveira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança Novos Paradiso DD da Catedral Relembre os Alphas do intermunicipal paraibano