Série histórica: Ciferal Tocantins em Campina Grande

Fonte:  Portal Ônibus Paraibanos

Matéria / Texto: Kristofer Oliveira / Philippe Figueiredo

Desenhos: Gilberto Costa Junior

Diferente de João Pessoa, Campina Grande
deve uma boa quantidade de Tocantins na sua frota nos anos 80, e alguns duraram
até pouco tempo.

A extinta Luso Brasileiro possuiu alguns exemplares na
sua frota.Com a aquisição da empresa por parte do Grupo A Cândido, tanto os
Tocantins como o prefixo 32xx foram utilizados pela nova empresa que surgiu, a
Transnacional. Nas ilustrações, o número de ordem 01 é fantasia. 

A Nacional e a Cabral também tiveram o referido modelo da Ciferal presentes na
suas frotas, com suas antigas identidades. 

Já os da Bela Vista estiveram em operação até meados do início da corrente
década.

Os Tocantins pode ser encontrados pelo interior do estado, sendo visto nas principais
cidades em dia de feira ou quando ocorre alguma festividade religiosa. Dentre
esses estão os que circularam em Campina Grande como em João Pessoa.

3 comentários em “Série histórica: Ciferal Tocantins em Campina Grande”

  1. A Pintura da Cabral tem o mesmo desenho que a da Viação Mauá, empresa muito tradicional de São Gonçalo – RJ, a diferença fica no padrão de cores, a empresa aqui do RJ é azul e branca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança