O perfil de Thiago Martins

Fonte: Portal Ônibus Paraibanos
Matéria/Texto: Kristofer Oliveira
Fotos: Thiago Martins

Em
mais um edição da “Coluna: Perfil”, apresentaremos o participante
Thiago Martins, nosso amigo de Natal, no vizinho estado do Rio Grande do Norte.
Ele é um dos parceiros da Paraíba Bus Team/Ônibus Paraibanos, e responsável por
um dos principais sites da busologia potiguar, o Unibus RN. Na foto ao lado,
para ilustrar e começar essa matéria, um Torino da empresa potiguar Campos. Vamos conferir o perfil desse
grande amigo e parceiro do Portal Ônibus Paraibanos!!!

Nome completo: Thiago Luccas de Melo Martins
Idade: 20 anos

Aonde mora: Natal-RN

Sua Profissão: Jornalista
Como e quando começou a sua admiração por ônibus? Conte-nos como começou a
curiosidade no assunto!

Acho que admirar ônibus é algo que está no sangue.
Só quem admira sabe do que se trata. Poder conhecer profundamente o assunto
transporte, debatê-lo e abordá-lo com prioridade. Desde pequeno, naturalmente,
foi surgindo esse interesse por aqueles gigantes que tomam conta das ruas.
Semelhante a tantos, fui crescendo, achando que era um louco e só eu deveria
ter um interesse pelo tema, quando conheci tantos outros que também admiram o
transporte. Enfim! É uma admiração nascida na infância, que foi crescendo com o
tempo e o com o quanto me aperfeiçoei com o tempo. Atualmente trabalho no setor
de transporte, e sou consultor do portal Unibus RN.
Qual ônibus antigo (fora de linha) que mais aprecia?

Não há um ônibus especificamente. Mas diria que a
toda a tradicional frota da empresa Riograndense – essa sim, minha preferida
sobre pesquisa, fotos, etc. A empresa sempre teve grande vínculo com a
montadora Busscar, e recentemente ambas (empresa e montadora) faliram. Uma
lamentável coincidência. Mas, de qualquer maneira, em especial seus ônibus
urbanos (Urbanus, Urbanuss, Pluss, etc) me marcaram bastante e ainda hoje me
causam grande interesse.
Quais empresas você admira?

Como já citado na resposta anterior, em primeiro
lugar, a Riograndense, até por um certo vínculo (de utilizar seus serviços) na
infância. Também tenho grande admiração pela Cidade das Dunas, Trampolim da
Vitória e Viação Campos.
Encontro de busólogos de Natal em 2011. O nosso participante da “Coluna: Perfil” é o terceiro da esquerda pra direita
O que você acha da busologia atualmente?

Acho que o foco está perdido. Infelizmente! O
próprio termo busologia nada mais é que uma representação de um hobby, mas a
prática é algo completamente diferente e que a cada dia se distorce mais. Um
pequeno pedaço que pode exemplificar isso são as brigas e discussões que
ocorrem, tanto virtualmente, quanto pessoalmente. Dai, passando até pela
instância judicial em alguns casos, toda a problemática chega nas empresas –
que num primeiro momento se admiraram e gostaram de ver que existem verdadeiros
fans delas – fazendo se tornar comum a proibição ao busólogo. São questões
muito complexas que parece variar numa escala de “Precisamos nos
organizar” até “Até onde vai o poder dos grupos”. Ninguém é
obrigado a absolutamente nada, e todos temos o direito de nos opor àquilo que
não estamos de acordo. Mas se a oposição de um grupo é formada, que aquela
oposição e tecnicamente um novo grupo formado, o faça com responsabilidade e,
principalmente, gestão. Gerir qualquer segmento que seja é algo extremamente
complicado. A falta de atenção nessas questões está fazendo com que a busologia
perca o foco.
Qual sual opinião sobre o sistema de transporte na Paraíba, especialmente em
João Pessoa?

Não conheço com muita propriedade o sistema
paraibano, confesso. Apesar das relações que há, tanto na busologia, como nas
empresas – grupos que atuam tanto na Paraíba, quanto no Rio Grande do Norte –
não sou um profundo conhecer. Pelo que vejo, a renovação é constante, e isso é
excelente. Mas, certamente, o transporte ainda é insuficiênte. Isso não é
problema da Paraíba, do Rio Grande do Norte ou qualquer outro estado especificamente.
É problema de todo o país. A notória falta de investimentos e políticas pública
para o transporte de massa.

Conte-nos um fato curioso que você vivenciou relacionado com ônibus.

Acredito que o explicar do hobby para as pessoas é
algo curioso pela relação delas. Acham interesse e saem perguntando tudo, e
principalmente, demonstrando quase não acreditar que existem pessoas que têm o
transporte como tema de interesse, de admiração.
Qual sua opinião em relação ao trabalho realizado pelo Grupo Paraíba Bus/Ônibus
Paraibanos?

Não
é uma opinião, e sim um parabéns. O Ônibus Paraibanos está fazendo um trabalho
admirável, antes de tudo, e com uma série de elogios que convém listar:
empreendedor, ético, confiável, interessado em seu público, acessível, atento
às possibilidades e que a tendência é o crescimento. Não tenho dúvidas que
verei esse crescimento; que não será só de tamanho, mas principalmente, de
ainda mais qualidade no que aqui é publicado. Hoje, me sinto honrado em
participar, sendo entrevistado, e também mantermos a parceria com o Unibus RN.
Visitem o Unibus RN para conhecer e saber mais sobre o transporte e os ônibus do Rio Grande do Norte:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apache Vip V da Matias Vissta Buss 400 da Cantelle El Buss 320 L da Solazer El Buss FT da Dom Bosco Apache Vip V da Viação Novacap Vissta Buss DD da 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 08/2021 Senior da PB Rio Apache Vip V da Viação Pendotiba Apache Vip V da N.S. Penha Vissta Buss 360 da 1001 Torino da Turp Transporte