Ônibus Paraibanos

Motoristas aceitam reajuste salarial e evitam greve no transporte coletivo de João Pessoa

Fonte: Portal Correio
Foto: Diego Almeida Araújo

O
Sindicato dos Motoristas da Paraíba decidiu ceder aos argumentos do Sindicato
das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de João Pessoa (Sintur) e aceitar o
reajuste salarial de 9%. A decisão foi tomada nesta terça-feira (9), durante
assembleia geral entre empresários e trabalhadores. O aumento salarial para os
motoristas, fiscais, cobradores e mecânicos entra em vigor a partir da folha do
mês de agosto, ou seja, no próximo mês,  tendo efeito retroativo para 1°
de julho. 

Na
última quarta-feira (3), os motoristas de ônibus da Capital paraibana
reivindicaram aumento salarial de 14%.  Durante o protesto, os
manifestantes fecharam as entradas de Mangabeira, José Américo e Mandacaru,
provocando um congestionando de 10 km. Alguns pontos entre o Hospital de
Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena  e o Viaduto do Cristo
Redentor (Sonrisal), na BR 230, também ficaram parados.
Além do reajuste salarial, os trabalhadores exigiam o
pagamento de horas extras e benefícios como planos de saúde, redução da jornada
semanal para 40 horas (atualmente são 44 horas) e área de lazer para prática de
atividades esportivas e culturais.
No que concerne ao plano de saúde, ficou acordado que as
empresas de transportes coletivos oferecerão seus nomes a planos de saúde e
tentarão fechar convênio com o plano que oferecer mensalidades individuais com
valores mais acessíveis. A adesão de trabalhadores ao convênio de saúde será
facultativa. 
Confira na tabela abaixo as novas remunerações dos
trabalhadores do sistema de transporte coletivo de João Pessoa:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.