Ônibus Paraibanos

Moradores de avenida reclamam da distância para pegar ônibus

Fonte: Jornal da Paraíba
Foto: Marcos Filho/Kristofer Oliveira

Moradores da avenida Noel Rosa, situada no bairro Alto do Mateus, em João Pessoa, asfaltada no início deste ano, estão inconformados com a distância que percorrem para poder ter acesso aos ônibus. As duas linhas de transporte coletivo do bairro não passam no local, segundo o chefe da Divisão de Ônibus (Dion) da Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob), Francisco Alcântara.

A dona de casa Gilvana Costa, 36 anos, disse que precisa andar duas ruas até o ponto de ônibus mais próximo. “Estamos precisando de uma linha de ônibus nessa nova principal, pois temos que nos deslocar para a principal da parte de cima do bairro e andar cerca de 15 minutos para poder pegar ônibus”, pontuou.
Já a aposentada Luzia Ernestino, 69 anos, relatou que diariamente seu marido de 73 anos, percorre um caminho distante para ter acesso ao transporte. “Todos os dias ele anda isso tudo para pegar o ônibus e levar nossa neta para a escola que fica no Centro, e com essa idade é complicado”, disse.
A empresa de ônibus São Jorge fornece as linhas 1502 e 701 para o transporte coletivo no bairro, porém o fiscal José de Sousa disse que não há previsão para a passagem dos ônibus na nova avenida do bairro. “A Semob ainda não autorizou a mudança no percurso dos ônibus, então não temos como dizer se isso vai realmente acontecer”, explicou.

Segundo o fiscal, na rua paralela à avenida Noel Rosa passam ônibus nos horários de maior demanda, que são no início da manhã e no horário de almoço, justamente para diminuir a distância que os moradores percorrem. “Nos horários de pico, os ônibus passam na rua ao lado, ou seja às 5h15 e às 6h28 e depois às 11h30 e 12h20, porque sabemos que nesses horários os moradores vão ou retornam do trabalho e das escolas”, destacou.
De acordo com o chefe da Divisão de Ônibus (Dion) da Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob), Francisco Alcântara, as atuais linhas de ônibus estão distribuídas proporcionalmente para o atendimento da população do Alto do Mateus. “Essa rua que foi asfaltada recentemente é uma das mais antigas do bairro, o que explica o crescimento do conjunto para o lado dela, ou seja, a maior concentração de moradores está na parte de cima, onde as linhas de ônibus cortam o bairro ao meio, dando igual direito aos moradores”, observou.
Francisco Alcântara disse que a criação de uma nova linha resultaria em mais congestionamento no trânsito, mas disse que a solução será a utilização de linhas alimentadoras. “Se criarmos uma linha exclusivamente para essa rua trará mais problemas para o trânsito, pois já temos várias linhas saindo dos bairros localizados nas extremidades da cidade para os grandes centros.
Mas será implementada uma reestruturação dos transportes públicos em toda João Pessoa”, ressaltou.
A assessoria de comunicação da Associação das Empresas de Transportes Coletivos Urbanos de João Pessoa (AETC-JP), disse que o problema não é de competência do órgão, já que o mesmo apenas cumpre as determinações da Semob.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.