Ônibus Paraibanos

Bernardino afirma que Sitrans não foi chamado para debater sobre Central da UEPB

Fonte: Paraíba online
Foto: Caio Henrique

O superintendente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Campina Grande – Sitrans, Anchieta Bernardino, disse que a entidade não foi chamada para debater sobre a Central de Aulas da UEPB.
– Em nenhum momento o Sitrans foi chamado a conversar também sobre a implantação da Central de Aulas da UEPB. Vi a Reitoria da Universidade falar na imprensa, a STTP, porém não vi em nenhum momento quem opera o serviço falar das dificuldades de operar – desabafou Bernardino.


 

Anchieta ainda falou sobre o problema dos usuários do transporte coletivo em Campina Grande e apontou que a solução deve se concentrar nos horários de pico, principalmente no início da manhã. Ele citou, ainda, que há defasagem nos horários de funcionamento dos ônibus.
– Se a pessoa chegar às 7h tem um verdadeiro pandemônio dentro do terminal ou nas paradas de ônibus. Depois de 8h, não tem mais nada. Existe um pico, que não foi solucionado. O quadro de horários também está defasado, tem doze anos e a cidade não é a mesma – apontou o superintendente do Sitrans.
Sobre o congestionamento na cidade, em especial na área central, local de maior fluxo dos veículos, Bernardino disse que o que se precisa é de estudos técnicos e não de ações apontadas como paliativas.
– Tem que se pensar em alguma coisa. O que se pensa aí é: vamos fechar uma rua em um sentido, abrir uma rua em outro sentido. E sempre coisas paliativas. Precisa realmente estudos técnicos científicos para que se tivesse êxito. O sistema padece com isso – finalizou Anchieta.
Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.