Ônibus Paraibanos

Os Viales BRS ganham as ruas

Fonte: Portal Ônibus Paraibanos
Matéria / Texto: JC Barboza
Foto: Josenilton Cavalcante da Cruz, JC Barboza

Em 27 de fevereiro desse ano, publicamos em nosso portal em primeira mão, foto do novo Viale BRS ainda na fábrica da Marcopolo em Caxias do Sul. O veículo da foto, saiu da fábrica e se encontra em testes no Rio de Janeiro. Apesar de vir com a pintura padronizada utilizada no município do Rio e adesivado como pertencesse a empresa Real Auto Ônibus, o mesmo pertence a encarroçadora Marcopolo que o está demonstrando em várias empresas fluminenses como a Araçatuba e Pendotiba em Niterói.

Esse Viale BRS veio com motorização Mercedes-Benz O-500U, possui piso baixo e não tem ar condicionado. Por enquanto, esse é filho único, não se sabe de outras encomendas do veículo nessa configuração e esse continuará no Rio de Janeiro fazendo testes em outras empresas.
Outro Viale BRS que já ganhou as ruas é o da Auto Viação Marechal de Curitiba, Paraná. Montado sobre chassi Volvo B215 RH, conhecido por Hibribus por ser um ônibus híbrido com motores elétrico e a biodiesel. O Hibribus começou a ser produzido pela Volvo em Curitiba neste ano, com investimento de US$ 20 milhões. Até então, o ônibus era produzido apenas na Suécia. O sistema de transporte de Curitiba vai investir R$ 13 milhões para adquirir os primeiros 30 veículos híbridos que começarão a circular neste ano. Possuem capacidade para transportar até 85 passageiros.
O novo ônibus é o mais silencioso e o que oferece o maior ganho ambiental do mercado. A nova tecnologia permite economia de combustível de até 35% e reduz em 90% as emissões de gases poluentes, em relação aos ônibus com tecnologia Euro 3, além de não emitir ruído em cerca de 30% a 40% do tempo de operação.

O Viale BRS Hibribus opera com dois motores, um elétrico e outro a biodiesel, que funcionam em paralelo ou de forma independente. O motor elétrico é utilizado no arranque e na aceleração até a velocidade de 20 quilômetros por hora quando entra em funcionamento o motor a biodiesel que, no caso de Curitiba, é à base de soja.

O Hibribus é um híbrido em que o motor elétrico é usado também como gerador de energia durante as frenagens. A cada vez que os freios são acionados, a energia da desaceleração é utilizada para carregar as baterias.
 
Quando o veículo está parado, seja no trânsito, em pontos de ônibus ou semáforos, por exemplo, o motor a biodiesel fica desligado, o que favorece sua utilização em linhas paradoras e de trânsito compartilhado.
Esperamos que esses sejam os primeiros de muitos Viales BRS que veremos nas ruas brasileiras oferencendo mais conforto para os usuários!!!
Vejam a matéria sobre o Viale BRS que publicamos em fevereiro:  http://www.onibusparaibanos.com/2012/02/surgem-fotos-do-viale-brs.html
Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.