AETC continua troca de cartões invalidos

Fonte: PB Agora

Setenta e duas horas após a instalação dos novos equipamentos de leitura eletrônica dos cartões Passe Legal nos ônibus de João Pessoa e da superação de alguns contratempos inerentes a uma mudança desta magnitude, a Associação das Empresas de Transportes Coletivos Urbanos de João Pessoa (AETC-JP) constata que poderá atingir a cerca de 2%, dos 500 mil cartões em circulação, o quantitativo daqueles que estão precisando ser trocados. E apesar do pequeno universo de cartões que ainda precisam ser validados para utilização da nova tecnologia, a AETC continua com um atendimento direcionado no posto sede da entidade, na Rua 13 de Maio e nos postos da Rodoviária e do Terminal de Integração do Varadouro.


Segundo o diretor executivo da AETC, Mário Tourinho, o impacto da troca dos equipamentos antigos de leitura dos cartões e a migração para o novo sistema, gerenciados pela Transdata não deveria ter sido significativo. “Boa parte das pessoas que estavam nas filas procurando validar seu cartão, não precisariam estar lá, pois a validação dos cartões para o novo sistema se daria no próprio ônibus”, esclarece Mário, lembrando que alguns usuários acostumados com a agilidade do sistema de leitura, não seguiram as orientações das equipes da AETC de aguardar cerca de 2 a 5 segundos na apresentação do cartão ao leitor, visto que no primeiro contato com o novo equipamento, era preciso mais tempo para a validação.

Outra situação que causou algum transtorno na hora de migrar de um sistema para outro, e que fugiu a competência da AETC e da Transdata, diz respeito à má conservação dos cartões. “Existem pessoas que conduzem o cartão de qualquer jeito. Facilitando sua danificação e prejudicando a leitura eletrônica. Neste caso, é preciso fazer a substituição do cartão, pois a leitura fica prejudicada e a validação da passagem não acontece”, argumenta Mário, lembrando que a orientação dada pelas empresas de ônibus aos seus operadores era de que, na impossibilidade da leitura de cartões, o passageiro não fosse prejudicado. De acordo com Mário Tourinho, o usuário que ainda não conseguiu validar seu cartão no interior do ônibus, deve se dirigir a sede da AETC-JP, na Rua Treze de Maio, 103, ou ainda aos postos de atendimento da associação no terminal rodoviário de João Pessoa e no Terminal de Integração do Varadouro, para substituir, gratuitamente, seu cartão. Vale destacar, no entanto, que o sistema de bilhetagem eletrônica de João Pessoa continuará o mesmo. A ação consistiu apenas na mudança da companhia que fornece o serviço nos ônibus, que era feita pela Empresa 1 e agora fica sob a responsabilidade da Transdata, e na troca dos equipamentos por outros mais modernos que propiciam maior velocidade tanto na liberação da catraca dos ônibus quanto nas recargas do cartão eletrônico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.