A tarifa 2017 nos ônibus de JP

Por Mário Tourinho
Imagens JC Barboza

IMG_0096

Em janeiro de 2017, quando da aprovação da tarifa dos ônibus em R$ 3,30,ainda compúnhamos o Conselho Municipal de Mobilidade Urbana da Semob-JP (indevidamente conhecido como Conselho Tarifário) na condição de Conselheiro Suplente representante do Sintur-JP.  A maioria dos membros desse Conselho representa a Prefeitura de João Pessoa, começando pela Semob e abrangendo a Seplan, a Seinfra, a Sedec, a Semam e o Orçamento Participativo, contando ainda com a representação de um outro órgão público municipal que é a Câmara de Vereadores. Continue lendo

Sintur-JP não está pleiteando novo aumento das passagens apenas o respeito aos cálculos tarifários que definiu uma tarifa de R$ 3.30

De News Comunicação
Imagem JC Barboza

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivos Urbanos de João Pessoa (Sintur-JP) esclarece que não está pleiteando novo aumento de passagens. O motivo da ação na Justiça, impetrada pelos dois consórcios que operam na capital, não é o de definir um novo valor da tarifa, mas, assegurar a cobrança do preço que foi calculado e aprovado pelo Conselho de Municipal de Mobilidade Urbana do órgão gestor que, no caso de João Pessoa, é a Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob). O Sindicato alega que o prefeito Luciano Cartaxo desconsiderou os cálculos da Semob, reduziu a tarifa em R$ 0,10 e provocou um desequilíbrio no setor que já vinha operando com custos defasados. Continue lendo

Prefeitura recorre ao STJ contra aumento de passagens em João Pessoa

De Mais PB
Imagem JC Barboza

IMG_0102

A Procuradoria Geral da Prefeitura de João Pessoa (PGM) cumprindo orientação do prefeito Luciano Cartaxo, ingressou com recurso junto ao presidente do Superior Tribunal de Justiça, em Brasília, contra decisão da Justiça da Paraíba que ordena ao município implantar um aumento de 10 centavos na tarifa de ônibus, fixando a passagem R$ 3,30. Continue lendo

“Tarifa determinada agora pela Justiça é a que deveria estar valendo desde janeiro”, esclarece Antônio de Pádua

De Cândido Nóbrega
Imagem JC Barboza

IMG_2441

O presidente do Sindicato dos Motoristas da Paraíba, Antônio de Pádua, esclareceu que, ao contrário do que vem sendo divulgado, a decisão judicial determinando que a tarifa do transporte coletivo urbano de João Pessoa seja adequada aos R$ 3,30 aprovados pela própria Semob-JP não corresponde a um segundo aumento tarifário neste ano de 2017. Continue lendo

Faixa de ônibus na Pedro II agiliza transporte de um milhão de passageiros

De WSCOM
Imagem Divulgação

201709300335440000009565

Ciente da importância de contribuir com o transporte público de qualidade, o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivos Urbanos de João Pessoa (Sintur-JP) avalia como positiva a implantação da faixa exclusiva para ônibus na Avenida Pedro II. Continue lendo

Quem é contra a faixa exclusiva?!

Por Mário Tourinho
Imagem Divulgação

faixa

Por óbvio, os passageiros do transporte coletivo urbano de João Pessoa são favoráveis à implantação das faixas exclusivas para os respectivos ônibus. E estes passageiros correspondem à maioria da população pessoense que dia a dia utiliza os vários meios de transporte para o ir e o vir, seja para a escola, seja para o trabalho, seja para o que for. Continue lendo

Terminal de Integração do Valentina é apresentado na CMJP

De WSCOM
Imagem Thiago Martins de Souza

WhatsApp Image 2017-10-04 at 20.13.55

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) realizou, na tarde desta quarta-feira (4), uma sessão especial que debateu a construção de um novo terminal de integração na “área do Campo da Marquise”, no Bairro do Valentina Figueiredo. Continue lendo

Reforma no Terminal de Integração de João Pessoa agrada aos usuários

De Paraíba Online
Imagens Secom/JP

integracao-jp1

Os usuários do transporte coletivo da Capital estão usufruindo das diversas melhorias realizadas pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) no Terminal de Integração do Varadouro (TIV), por meio da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP), após 90 dias de obras e 500 mil reais de investimentos. Continue lendo