Apenas o Grupo Itapemirim, de novo, faz proposta pelo lote 2 da concessão do transporte em São José dos Campos

Por O Vale
Imagens
Rodrigo Gomes

Apenas o Grupo Itapemirim, que já assinou contrato pelo lote 1, apresentou proposta para o lote 2 da nova concessão do transporte público de São José dos Campos. A sessão para o recebimento das propostas – a terceira desse edital – foi realizada nessa quarta-feira (8).

A insistência do Grupo Itapemirim no lote 2, que contempla as regiões leste e sudeste, levantou suspeitas do Sindicato dos Condutores, que acompanhou a sessão, já que o edital diz que os dois lotes não podem ser vencidos por uma mesma empresa.

Na primeira sessão, em maio, nenhuma empresa apresentou proposta. Na segunda, em julho, somente o Grupo Itapemirim fez proposta – e pelos dois lotes, mas devido à restrição do edital, optou por assinar contrato pelo lote 1, que contempla as regiões norte, oeste e sul, incluindo a Linha Verde.

A reportagem questionou tanto a Prefeitura quanto o Grupo Itapemirim se há alguma brecha jurídica para que, apesar da vedação prevista no edital, a empresa assuma os dois lotes. A Secretaria de Mobilidade Urbana desconversou, e o grupo disse acreditar que isso é possível (leia mais abaixo).

PROPOSTAS

O edital prevê que o valor máximo da tarifa técnica será de R$ 5,24 no lote 1 e R$ 4,94 no lote 2.

Na sessão de julho, o Grupo Itapemirim fez propostas de R$ 4,98 de tarifa técnica para o lote 1 e R$ 4,72 para o lote 2.

Esse valor do lote 1 está no contrato assinado com a Prefeitura no dia 31 de agosto. Já o valor do lote 2 acabou descartado, devido à desistência momentânea da empresa.

Na sessão dessa quarta-feira, o Grupo Itapemirim não repetiu os valores – dessa vez, a proposta pelo lote 2 foi de tarifa técnica de R$ 4,93, uma diferença de R$ 0,21 sobre a proposta apresentada em julho.

SINDICATO

O vice-presidente do Sindicato dos Condutores, Ronaldo Costa, classificou como “muito estranho” o fato de o Grupo Itapemirim ter feito nova proposta pelo lote 2, já que o edital impede que apenas uma empresa opere os dois lotes. “Mesmo sabendo que não pode, eles fizeram isso”, disse.

“Se a Prefeitura está fazendo alguma movimentação para que essa empresa possa vir a assumir o segundo lote também, sinceramente, já não duvidamos mais de nada que venha do poder público de São José dos Campos. Quando eles querem alguma coisa, vão a qualquer custo, mesmo que isso venha a penalizar os trabalhadores, a população”, continuou.

“Para isso, a Prefeitura vai ter que fazer alguma alteração na lei. E sabemos que, infelizmente, o prefeito Felicio Ramuth [do PSDB] passa por cima de qualquer coisa. Vamos aguardar os próximos capítulos”, concluiu o sindicalista.

O sindicato, por meio de outro diretor, move uma ação na Justiça em que busca anular a habilitação do Grupo Itapemirim na licitação. A entidade alega que a empresa não teria condição financeira para assumir o serviço. Outro processo semelhante é movido pelo presidente municipal do PT, Wagner Balieiro. Em ambos, a Justiça negou a concessão de liminares que poderiam suspender a concorrência.

OUTRO LADO

A reportagem questionou a Secretaria de Mobilidade Urbana se existe alguma possibilidade jurídica para que a mesma empresa atue nos dois lotes. Em nota, a pasta alegou apenas que a Prefeitura “está fazendo as análises jurídicas sobre o processo licitatório”.

Também em nota, o Grupo Itapemirim afirmou que “entende que não há restrição para participação do lote 2”.

Sobre os processos judiciais, a empresa ressaltou que “a Justiça já indeferiu os pedidos de liminares” e que o grupo “está apto a prestar um serviço de transporte público de qualidade a toda a população”.

1 comentário em “Apenas o Grupo Itapemirim, de novo, faz proposta pelo lote 2 da concessão do transporte em São José dos Campos”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Vissta Buss 360 da 1001 Torino da Turp Transporte Viação Águia Branca estreia o Marcopolo G8 Apache Vip V da Transportes Flores Apache Vip IV da Auto Viação Vera Cruz Viação Águia Branca recebe os primeiros Marcopolo G8 Apache Vip IV da Viação Araçatuba Novos chassis rodoviários Volvo para longas distâncias Apache Vip IV com a nova identidade da N.S. Penha As novidades da Opção Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 07/2021 Apache Vip V da 1001