Em ônibus Mercedes-Benz, vacinação contra a Covid-19 supera 15.000 doses aplicadas

Por Mercedes-Benz
Imagens Divulgação

Os dois ônibus Mercedes-Benz que foram doados à Cruz Vermelha Brasileira (CVB) para a campanha de vacinação contra a Covid-19, estão acelerando o ritmo de imunização nas comunidades mais vulneráveis do País. Em seu primeiro mês, a ação com os dois veículos que foram transformados em unidades móveis de vacinação já superou a meta de atendimentos, ultrapassando 15 mil doses aplicadas em Alagoas e Minas Gerais.

“Antes de iniciar a vacinação, tínhamos projetado uma média de 4.000 doses aplicadas por mês. Para nossa satisfação e alegria, superamos em 300% essa meta. O desafio agora é manter este ritmo fantástico, sempre contando com nossos voluntários e com as secretarias de saúde e as prefeituras participantes”, afirma Júlio Cals, presidente Nacional da CVB. “Graças a essa parceria tão importante da Cruz Vermelha Brasileira com a Mercedes-Benz, já estamos levando ajuda humanitária aos locais mais distantes do nosso País, atenuando o sofrimento daqueles que mais precisam diante dessa severa pandemia. Juntos, #UnindoForças, seguimos salvando vidas”.

“Por meio desses dois ônibus, estamos trabalhando para oferecer mobilidade e segurança em parceria com a Cruz Vermelha para auxiliar nessa importante missão de levar saúde e cuidados a populações vulneráveis”, diz Karl Deppen, presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina. “Estamos orgulhosos com mais essa parceria humanitária que preserva vidas e que está alinhada ao nosso compromisso de contribuir para o desenvolvimento social e garantir o bem-estar às comunidades brasileiras. Essa é uma forma de construirmos pontes com a comunidade, com os usuários de ônibus e enfrentarmos juntos os desafios impostos por essa pandemia”.

Pontos de partida: Alagoas e Minas Gerais

O modelo rodoviário O 500 R doado pela Mercedes-Benz está baseado em Maceió, capital de Alagoas, desde o início de junho, circulando por vários bairros da cidade. Até o final de julho, estará a serviço da população local, devendo seguir depois para o Rio Grande do Norte e o Ceará.

Já o ônibus urbano OF 1519 está percorrendo várias cidades mineiras, entre elas Governador Valadares, São Pedro do Suaçuí, Resplendor e Conselheiro Pena, no Vale do Rio Doce, além de Lontra e Brasília de Minas, no Norte do Estado. Esta unidade móvel seguirá para o estado do Rio de Janeiro a partir de agosto.

Os dois ônibus irão percorrer outros estados brasileiros para aumentar a capilaridade do atendimento, apoiados também por uma Van Mercedes-Benz de 8 lugares, que será utilizada pelas equipes da CVB durante todas as etapas do projeto.

Das mais de 15.000 doses já registradas, cerca de 54% foram aplicadas na unidade móvel do ônibus rodoviário e 46% no modelo urbano. 54% das pessoas vacinadas são mulheres e 46% homens. Mais de 47% são da faixa etária de 50 anos e 35% da faixa de 40 anos. Aproximadamente 86% receberam a primeira dose da vacina, 1% a segunda dose e 13% a dose única.

Essa campanha de vacinação da Cruz Vermelha Brasileira contribui com o Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, além de envolver outras iniciativas de prevenção e promoção da saúde e de enfrentamento à pandemia do coronavírus.

Participação de parceiros importantes viabiliza o projeto

Assim como ocorreu com as 8 carretas da saúde, puxadas por caminhões Mercedes-Benz, esse projeto com a Cruz Vermelha Brasileira também é fruto do apoio do Ministério Federal de Cooperação Econômica e Desenvolvimento da Alemanha (BMZ), via DEG/KfW, que contribuiu com 170 mil Euros para a transformação dos dois ônibus.

Com suporte oferecido pela Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha de São Paulo (AHK São Paulo), a participação do governo alemão no projeto de Unidades Móveis de Saúde é realizada por meio do develoPPP.de, um programa do BMZ que, entre diversas ações globais, destina recursos para programas em países emergentes e em desenvolvimento com foco em questões sociais, ambientais e econômicas.

As transformações dos ônibus em unidades de vacinação ficaram a cargo da Eco X, empresa especializada do setor. A Elber Medical forneceu as câmaras de conservação das vacinas e a Sunew, os painéis solares que garantem energia para as geladeiras de vacinas (adesivos no teto do veículo com a inovadora tecnologia OPV para o modelo rodoviário).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Busscar Vissta Buss DD da Auto Viação Catarinense A nova linha Marcopolo G8 Paradiso DD Rota Transportes com soluções Marcopolo BioSafe Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 06/2021 O novo Apache Vip Os raros El Buss da Gontijo Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental