Justiça apreende 16 ônibus de empresa que faz linhas Santa Rita-Bayeux à João Pessoa e população poderá ficar sem transporte na próxima segunda

Por F5
Imagens

A partir da próxima segunda-feira (28), usuários de transportes coletivos de Santa Rita e Bayeux para João Pessoa poderão ficar sem o serviço de condução.

Isso porque a Justiça apreendeu 16 veículos da frota do empresário Aldo Marinho, a pedido do grupo financeiro da Mercedes Benz, a DaimlerChrysler.

A medida foi estabelecida após diversas cobranças de dívidas da empresa de mobilidade com o grupo financeiro.

Recentemente, o governador João Azevêdo reduziu 50% do ICMS do óleo diesel e biodiesel, destinado às empresas concessionárias de transporte coletivo de passageiros das regiões metropolitanas de João Pessoa e Campina Grande.

Mesmo com o incentivo estatal e um enxugamento interno, que estava fazendo com que a empresa de Aldo Marinho se recuperasse financeiramente, a crise atingiu o empresário e ele não conseguiu quitar as dívidas com a Mercedes Benz, em virtude das altas taxas cobradas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Busscar Vissta Buss DD da Auto Viação Catarinense A nova linha Marcopolo G8 Paradiso DD Rota Transportes com soluções Marcopolo BioSafe Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 06/2021 O novo Apache Vip Os raros El Buss da Gontijo Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental