Os terminais da linha 115-Distrito Industrial/Antarctica

Por Ônibus Paraibanos
Imagens
Rodrigo Gomes / Google Street View

Muita gente estranha os esticamentos e mudanças de terminal das linhas de ônibus de João Pessoa, mas não é de hoje que elas acontecem. Conforme a cidade cresce, o sistema precisa se dinamizar para atender às novas demandas que vão surgindo. E as linhas são modificadas por conta disso.

Um exemplo do histórico de esticamentos e mudanças de terminal é o da 115-Distrito Industrial/Antarctica, da Viação São Jorge. A linha opera há mais de 30 anos e já teve três esticamentos e mudanças de terminal.

Além disso, a linha foi uma das primeiras a operar no esquema de dupla função, em 1999.

O primeiro terminal

Criada para atender o Distrito Industrial, a linha 115 tem o nome de Antarctica por causa da localização do seu primeiro terminal, em frente a uma unidade da AmBev. O local, hoje um Centro de Distribuição da holding cervejeira, fora da Companhia Antarctica Paulista, uma das várias fábricas que produziam a Cerveja Antarctica no Brasil.

O nome da rua onde a unidade fica, Dr. Walter Belian, faz referência a um dos gestores da Antarctica.

A linha segue atendendo a área, porém no meio da década de 1990, teve o seu terminal alterado, sendo este primeiro desativado. O local ainda conserva as cores da Viação São Jorge.

O segundo terminal

A primeira extensão do itinerário da linha foi feita para atender a Comunidade Padre Ibiapina, além de parte do Bairro das Indústrias. Com isso, o terminal mudou para a Rua Roberval Seabra Marques, no Bairro das Indústrias.

O local já fora o terminal das linhas 104 e 1001, que saíram dali para o Loteamento Cidade Verde. O ponto final foi ocupado por quase 20 anos apenas pela linha.

O terceiro – e atual – terminal

Já no final da década de 2010, o ponto final da linha 115 é transferido para o Loteamento Cidade Verde, onde já estavam as linhas 104 e 1001.

Além do esticamento do itinerário, a linha 115 ainda passou a atender a segunda etapa do Loteamento Cidade Verde, substituindo a antiga I012 e dando opção direta aos moradores.

Com esses esticamentos, a linha 115 ganhou quase 3 km de itinerário nos últimos 20 anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Busscar Vissta Buss DD da Auto Viação Catarinense A nova linha Marcopolo G8 Paradiso DD Rota Transportes com soluções Marcopolo BioSafe Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 06/2021 O novo Apache Vip Os raros El Buss da Gontijo Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental