O ano de 2020 e perspectivas para 2021 na visão da Caio

Por Caio
Imagem Divulgação

O ano de 2020 teve um início promissor. A expectativa da Caio que, no ano anterior, alcançou 62% de crescimento no mercado interno em relação a 2019, era a de manter sua produção no mesmo ritmo.

Coronavírus, pandemia, lockdown.

Todas as projeções de vendas e crescimento do segmento de transporte coletivo de passageiros em nosso país foram frustradas. Segundo a FABUS, a produção de ônibus sofreu uma retração de 26,5% comparada a 2019.

A expressiva queda no transporte de passageiros por ônibus foi ocasionada pela pandemia que, por meses, parou cidades do Brasil e do mundo. Os impactos em toda a cadeia que engloba o setor são incalculáveis.

O foco produtivo da Caio e dados de 2020

A Caio, empresa fabricante de ônibus, que em 2021 completa 75 anos de existência, é especializada na produção de ônibus para o segmento urbano. A marca conta com um mix variado de produtos adaptados às necessidades específicas de seus clientes.

O foco da Caio é atender à mobilidade urbana. Após a incorporação da Busscar ao Grupo Caio, empresa especializada na produção de ônibus rodoviários, fretamento e turismo, a Caio atende somente ao segmento urbano e no fretamento, somente micros.

Segundo dados da FABUS, no acumulado entre janeiro a dezembro de 2020, a empresa manteve-se líder no segmento que atua, com a produção de 3.365 ônibus, sem computarmos os escolares.

Com uma gestão firme e humana, a Caio conseguiu adequar em época de crise, sua mão-de-obra ao volume de produção, mantendo o equilíbrio financeiro e o máximo de empregos possível, utilizando os recursos de suspensão de contrato de trabalho e o BEm (Benefício Emergencial), recursos disponibilizados pelo Governo Federal. A Caio gera aproximadamente 3.200 postos de trabalho. Já somando com as empresas do Grupo Caio, são 5.300 colaboradores.

Foi um ano difícil, sim, e acreditamos que em situações adversas, a empresa, a marca mostram a sua força. Com cerca de 40% de share na venda de ônibus urbanos no Brasil em 2020, a Caio mantém seu foco em tecnologia e inovação.

A marca focou seus esforços na promoção do modal ônibus como meio de transporte biologicamente seguro, com estudos, pesquisas e parcerias com universidades, culminando com o lançamento do conjunto de soluções Caio Protect, altamente eficiente no combate a vírus e bactérias, inclusive ao coronavírus.

Perspectivas

Para 2021, a projeção de crescimento é em torno de 5% a 10%, com a expectativa de que o governo federal conceda o socorro necessário para o sistema de transporte coletivo de passageiros.

Sobre a Caio

Com dois parques fabris, com sede na cidade de Botucatu e filial na Barra Bonita, ambas no interior paulista, a Caio possui capacidade produtiva de 50 carrocerias ao dia, nas duas unidades.

Conta com equipes de representação de vendas em todo o Brasil e no exterior e escritório central na cidade de São Paulo. Também com renomada equipe de assistência técnica e facilidades na aquisição e troca de peças de reposição.

O êxito no segmento de ônibus é resultado de um robusto portfólio de produtos que atendem às diversas necessidades do mercado e um completo mix de soluções que englobam atendimento e serviços diferenciados.

Por isso, a Caio é especialista em oferecer soluções em mobilidade inteligente, facilitando o transporte de milhões de pessoas no Brasil e no Mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança