Belo Horizonte será hub da Itapemirim, nova empresa aérea

Por O Tempo
Imagens Alex Drumond/Divulgação

Em reunião na última quarta-feira (10) com o governo de Minas, na Cidade Administrativa, o Grupo Itapemirim anunciou o novo serviço “Dream Bus”, que estará disponível na linha Belo Horizonte-Brasília, e confirmou a capital mineira como hub da nova companhia aérea, que deverá estrear os primeiros voos em março.

“Esse é mais um passo no sentido de firmar o turismo como uma das principais vertentes para a recuperação econômica do Estado”, afirma o secretário de Estado da Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, que participou do evento, ao lado do vice-governador Paulo Brant, da diretoria do Grupo Itapemirim e da concessionária BH Airport.

O “Dream Bus”, marca registrada do grupo, retorna ao mercado rodoviário repaginado. Os ônibus de dois andares têm 28 poltronas leito-cama, dotadas de massageadores com acionamento individual, carregadores USB, itens de proteção contra a Covid-19, saídas de ar-condicionado individual e iluminação interna que provoca a sensação de relaxamento.

A previsão é que os quatro primeiros ônibus sejam integrados ao Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, conectando, através de ticket único, o terminal a destinos turísticos de Minas.

Em nota, o Grupo Itapemirim confirmou que haverá a integração entre os modais rodoviário e aéreo com a chegada da  Itapemirim Transportes Aéreos.

A iniciativa, segundo Oliveira, é um passo importante para colocar Minas como protagonista entre os destinos turísticos do Brasil, tornando o Estado mais conectado com relação às suas cidades turísticas. “Pontos turísticos de Minas e o aeroporto de Confins fazem parte do novo modelo de transporte e integração da empresa”, enfatiza a nota. Atualmente, a Viação Itapemirim alcança cerca de 39 cidades do Estado.

O encontro também ratificou o aeroporto em Confins como um dos hubs principais da empresa e a importância da cidade de Belo Horizonte como ponto relevante e estratégico tanto para a malha viária, como aérea do Grupo Itapemirim. 

No encontro, foi apresentada a companhia aérea do grupo, Itapemirim Transportes Aéreos, com frota de 20 aeronaves Airbus A320, que operarão a partir do aeroporto mineiro até o fim deste ano. O primeiro voo entre Brasília e Belo Horizonte está previsto para decolar em março. 

“Por meio das etapas dos programas Minas para o Brasil e Minas para o Mundo, que têm como objetivo a promoção e o marketing de Minas Gerais, fechamos o ciclo, ressaltando que nossos receptivos e meios de hospedagem já se destacam, pois nosso Estado está entre os dez destinos mais acolhedores do planeta”, afirma Oliveira.

Oliveira se refere ao levantamento recente feito pela plataforma Booking.com, que apontou Minas Gerais como um dos dez destinos mais acolhedores do mundo. Três localidades foram escolhidas a partir desse critério: Monte Verde, no Sul de Minas, em segundo lugar; Lavras Novas, distrito de Ouro Preto, na sétima posição, e o Parque Nacional da Serra do Cipó, próximo a Belo Horizonte, em décimo lugar.

Para o secretário, a iniciativa do Grupo Itapemirim também dialoga diretamente com o decreto 48.121/2021, que estabelece novos parâmetros para o transporte fretado de passageiros nas rodovias mineiras. “O novo decreto elimina burocracias restritivas ao transporte de passageiros e dá um passo importante no fomento à atividade turística”, afirma.

A modernização das regras – que elimina burocracias restritivas ao transporte de passageiros – abre, segundo Oliveira, oportunidade para a elaboração de novos roteiros e produtos turísticos, atuação na parceria entre diferentes empreendedores e para a melhoria da operação do turismo mineiro.





Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.