A última viagem dos Sveltos da Mandacaruense

Por Ônibus Paraibanos
Imagens Paulo Rafael Viana / JC Barboza / Alexandre Dumas / Jefferson José / Gilberto Junior
Vídeo
Rafael JP

Foram flagrados na semana passada, dois Sveltos, que compuseram a frota das empresas Wilson e Mandacaruense, que fazia parte do Consórcio Navegantes, sendo rebocados por reboques provavelmente para algum ferro-velho para ser cortado.

Os veículos vieram da extinta Auto Viação Santa Cruz, de Jaboatão dos Guararapes-PE originalmente para a Metro – antiga Wilson. A empresa de Bayeux não conseguiu manter todos os veículos que recebeu e acabou devolvendo três ônibus, que foram incorporados pela Mandacaruense.

Os três veículos adquiridos receberam as numerações 0419, 0441, 0467 e 04015. Todos eles entraram em circulação em tempos diferentes, sendo o último o que mais demorou tempo para ficar pronto e que menos tempo rodou. Todos receberam tanto o padrão da Mandacaruense – mesmo o 04015 ainda na garagem – quanto o padrão do Consórcio Navegantes.

Os veículos saíram de circulação de vez entre 2018 e 2019, novamente em tempos diferentes. O carro 04015 está num pátio da Polícia Rodoviária Federal. Os outros dois ônibus até o início do ano estavam parados na antiga garagem da Mandacaruense, hoje da São Sebastião, que conseguiu enfim retirar o que deles sobrou. Ambos saíram da garagem guinchados, e assim foram flagrados. 

As unidades foram as únicas do modelo 2008 do Svelto a rodar no sistema pessoense. Todas as seis versões do urbano da Comil já rodaram ou rodam no sistema; as únicas na frota operante são da versão 2012 que encontram-se na frota da Unitrans, além da versão Midi na São Jorge.

O Svelto teve quatro versões e três facelifts

1989/1995
1996/1998
2000
2008/2012


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.