STTP aponta dificuldades no setor de transporte público em Campina Grande

Por Paraíba on line
Imagem JC Barboza

Findando a sua gestão à frente da Superintendência de Trânsito e Transportes de Campina Grande (STTP), o advogado Félix Neto falou em entrevista nesta quinta-feira (24), sobre as dificuldades do transporte público na cidade.

Ele destacou a queda no número de passageiros de ônibus devido a pandemia do Coronavírus e lembrou que novas alternativas como as ciclovias foram implantadas pelo órgão.

– O transporte passa por dificuldades. A gente passou de 106 mil passageiros para 14 mil. Enquanto não tiver uma política pública nacional efetiva para fazer com que esse transporte se modernize, a gente continuará sofrendo esses impactos. Por isso plantamos a semente das ciclovias. Temos 104 quilômetros. É uma alternativa para transporte para que não seja feito somente por carro ou moto – frisou.

Questionado sobre continuar a frente da pasta, Félix informou que não é um soldado da gestão, mas que não precisa estar secretário para ajudar a cidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança