Ônibus Paraibanos

Soluções Caio Protect promovem segurança antiviral em ônibus urbanos no Brasil e no exterior

Por Caio
Imagem Divulgação

Agregar ao mercado soluções eficientes, adequadas ao momento atual, é a razão pela qual o Caio Protect está em constante aprimoramento. Criado no início da pandemia, movido pela necessidade urgente de trazer ao mercado soluções em biossegurança, o Caio Protect é conduzido pela equipe de Inovação e Produtos Especiais da fabricante de ônibus Caio.

As pesquisas são realizadas em parceria com universidades e fornecedores. Todos os itens disponíveis no conjunto de soluções Caio Protect passam por testes em laboratórios, realizados por universidades e instituições certificadas, que seguem os protocolos preconizados por normas internacionais.

Empresas pioneiras na incorporação de itens Caio Protect

Proteção para o motorista

Operadoras de transporte coletivo do Rio de Janeiro foram umas das primeiras a optarem por solução Caio Protect no salão interno de unidades recentemente adquiridas. O item escolhido foi a proteção para cabine do motorista, que dificulta o contato direto dos passageiros com o condutor, ao entrarem no ônibus.

As empresas Pendotiba e Araçatuba, que atuam em Niterói, e a Ideal, que opera na capital do estado, somam 22 unidades zero km com o item de proteção.

Tecido antiviral

A primeira empresa do estado de São Paulo a testar soluções Caio Protect no salão interno de sua frota, foi a Viação Osasco. A tradicional cliente da marca Caio atua há mais de 40 anos no transporte coletivo por ônibus na Região Metropolitana de São Paulo e, nos últimos meses, realizou testes com revestimento antiviral, aplicado em itens da carroceria.

“Após os testes, certificados por agências técnicas do governo, UNICAMP e IPT, foram comprovadas a resistência, durabilidade, facilidade de manutenção e, principalmente, a eficácia antiviral e antibacteriana do tecido. Produzido com fios de poliamida, o material impede a propagação de vírus e bactérias, além de inativar o Sars-Cov-2, responsável pela Covid-19 em menos de 01 minuto, após o contato”, explica o engenheiro de produto da Caio, Rafael Ting Sun Guimarães.Os ônibus possuem revestimento biosseguro em itens como pega-mão das portas de embarque e desembarque, apoio de braços, catraca, botão de solicitação de parada, poltronas dos passageiros, motorista e cobrador e também em todos os encapsulados (balaústres, corrimãos, tubos de anteparos).

Proteção para motorista e cobrador

O Grupo Asperbras, que atua no transporte coletivo de passageiros em Angola, na África, foi a primeira empresa do mercado externo a agregar em sua frota zero km de ônibus marca Caio, soluções em biossegurança com o selo Caio Protect. No total, foram 132 unidades adquiridas. A operadora já recebeu as primeiras unidades dos veículos que possuem dois importantes itens de proteção: isolamento para motoristas e cobradores. Esses kits de isolamento podem também ser aplicados em veículos em operação, pela facilidade de instalação.

A proteção para motorista promove o isolamento do condutor do ônibus, dificultando o contato direto com os passageiros. A proteção para cobrador possui o mesmo objetivo de isolar o profissional do contato com os usuários.

Mais sobre o Caio Protect

O Caio Protect foi concebido no início da pandemia, com foco no desenvolvimento de materiais e soluções técnicas que atendem à nova necessidade global. Disponibiliza atualmente ao mercado, os seguintes itens de biossegurança:

– Tecido antiviral: usado em áreas que podem ter contato com os usuários, foi desenvolvido com fio de Poliamida AMINI® VIRUS-BAC OFF, inativando vírus e bactérias que entram em contato com o material. O efeito da ação antiviral é permanente (durante toda a vida útil do tecido). O material está disponível nas estampas Kaleidos Cinza, Azul e Azul / Amarelo;

– Kit de proteção da cabine do motorista, cabine do cobrador e passageiros que estão em grupo de risco: a proteção dificulta o contato direto com outros passageiros e pode ser instalada em veículos em operação. O Kit de soluções de proteção é de fácil limpeza e manutenção;

– Sinalização de assento identificado em vinil ou silk: promove o adequado distanciamento social, por meio de cores que identificam os assentos que podem ou não ser utilizados, de forma rápida e com custo acessível;

– Medidor de temperatura: com tempo curto de resposta, o sensor acusa por alerta sonoro se o passageiro está ou não com a temperatura fora do padrão. Sem contato, mantém uma distância segura de outros passageiros;

– Higienizador de mãos: com sensor de aproximação e vazão ajustável, o item possui acionamento automático e capacidade para 700 ml de álcool em gel. Também disponível na versão manual (dispenser);

– Purificador de ar (plasma fotoelétrico): ar purificado, que mantém os ocupantes do salão interno do ônibus, livres de agentes nocivos como micróbios, odores e contaminação;

– Biocida aplicado nos itens que compõem o salão interno dos ônibus, com alta performance antiviral e antimicrobiana, testados com vírus da mesma família do Sars-CoV-2, sem alterar a aparência, textura, usabilidade e manutenção desses materiais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.