Ônibus Paraibanos

Os ônibus mais antigos do sistema pessoense

Por Ônibus Paraibanos
Imagens Paulo Rafael Viana
/ Rodrigo Gomes

Com a crise no transporte urbano de um modo geral no país inteiro, agravada ainda mais com a pandemia do COVID-19 e agora com o veto do presidente Jair Bolsonaro ao projeto que destinava R$ 4 bilhões para o transporte coletivo, a idade média da frota dos ônibus que fazem o transporte em várias cidades, principalmente nas capitais, aumentou consideravelmente e em João Pessoa não poderia ser diferente.

Os últimos ônibus adquiridos 0 km na capital pessoense foram em 2018, ambos pelo Consórcio Unitrans, composto pelas empresas Transnacional e Reunidas, que pertencem ao Grupo A. Cândido. Os veículos são do modelo Torino fabricados pela encarroçadora gaúcha Marcopolo e os seus prefixos são 07133 e 07138.

E os mais antigos?

Os mais antigos ônibus que ainda se encontram em operação no sistema pessoense, são Viales de empresas do Grupo A. Cândido.

O mais velho deles, pertence a Reunidas e é articulado. Possui o prefixo 0888 e foi fabricado em 2008, porém só começou as suas operações em 2010 na linha 5600-Mangabeira/Shopping.

Já os da Transnacional, também são articulados e são de fabricação 2009, chegaram na empresa em dezembro de 2009, tendo sido apresentados em 19 de janeiro de 2010 em entrega na Estação Ciência, iniciando suas operações dias depois. Foram efetivados na linha 301-Mangabeira/Pedro II.

Os Viales da São Jorge são os trucados, ou seja 6X2, foram fabricados em 2009 e começaram a rodar no mesmo ano. Seus prefixos vão de 02100 a 02103.

É justamente pelo fato de serem ônibus de grande porte que ainda os mantém rodando. Se atingisse 10 anos de fabricação, seriam aposentados tal qual os tocos. A Transnacional, por exemplo, aposentou todos os tocos de 2010, e uma grande parte da frota de 2011, novamente com exceção dos trucados e articulados.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.