Ônibus Paraibanos

Rota consegue efeito suspensivo que suspende liminar da São Luiz contra licitação das linhas de Juazeiro e Jacobina

Por Ônibus Paraibanos
Imagens Weiller Alves


O Juiz Emílio Salomão Resedá, do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, atendeu o recurso da Rota Transportes e concedeu efeito suspensivo, sustando os efeitos da liminar da Empresa de Transportes São Luiz que anulava a licitação das linhas de Juazeiro e Jacobina.

Com isso, as empresas Rota Transportes e Transoares voltam a ter autorização para operar as linhas que pertenciam anteriormente as empresas São Luiz/Falcão Real.

De acordo com o texto do recurso da Rota, a empresa alega ter sido prejudicada com o ato suspensivo da São Luiz, por já ter pago a primeira parcela da outorga e taxas, além de ter mobilizado material e pessoal, inclusive instalando base operacional em Juazeiro e vendendo passagens, com viagens a iniciarem-se amanhã, dia 13/12/2020. Veja o trecho na íntegra:

Sustenta a agravante, em síntese, ser terceiro prejudicado com o ato suspensivo, por ter vencido a concorrência e efetuado o pagamento da primeira parcela da outorga e taxas, no valor de R$ 7.040.199,31, além de ter mobilizado material e pessoal, inclusive instalando base operacional em Juazeiro e vendendo passagens, com viagens a iniciarem-se amanhã, dia 13/12/2020, com vistas a atender às determinações da agência reguladora estadual, a Agerba, enquanto, lado, outro, a agravada, que operava a linha, encontrava-se irregular junto àquela agência, inclusive sem a realização de inspeções e vistorias nos veículos de sua frota, impondo riscos à sociedade.

Veja o recurso da Rota Transportes na íntegra clicando no link abaixo:

Com a suspensão da liminar da São Luiz, o início das operações das linhas de Juazeiro e Jacobina voltam as previsões anteriores.

Veja a previsão da Rota clicando no link a seguir: Rota Transportes anuncia data para iniciar as operações das linhas de Juazeiro





Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.