Ônibus Paraibanos

Mais Nacional: 10 Sveltos para o urbano de Campina Grande

Por Ônibus Paraibanos
Imagens Wagner Michel Alves Leite
/ JC Barboza

Além da renovação da frota rodoviária, a Expresso Nacional de Luxo também renovou sua frota urbana municipal de Campina Grande, trazendo 10 unidades do modelo Svelto, da Comil, encarroçadas em chassis OF-1721 Bluetec5 da Mercedes-Benz.

Os veículos, de fabricação 2013, são oriundos da Viação Pioneira, de Brasília, que possuía 200 unidades iguais a essa, todas elas praticamente já vendidas. O modelo atual em sua versão convencional estreia no sistema urbano da Paraíba, porém antes disso, a São Jorge havia inaugurado a sua versão micrão, o Svelto Midi – embora já tenha retirado a maioria deles – no sistema de João Pessoa, esta também em sua atual versão.

As unidades possuem três portas, sendo as do meio equipadas com elevador para cadeirantes, além de letreiros eletrônicos da marca FRT de cor âmbar. São dotados também de poltronas acolchoadas e piso taraflex.

As unidades da Nacional receberam as numerações 1002, 1007, 1008, 1009, 1013, 1017, 1018, 1019, 1021 e 1037. Nesta matéria você está conferindo as fotos dos carros 1002, ex-221309, e 1008, ex-220264 da empresa brasiliense.

A nossa equipe chegou a flagrar o que seria o futuro 1002 ainda em Brasília, sem jamais imaginar que iriamos ver em terras paraibanas, afinal, o mercado de seminovos de Brasília não parecia ser visado pelas empresas do estado… Até agora.

Compartilhe esta matéria

1 comentário em “Mais Nacional: 10 Sveltos para o urbano de Campina Grande”

  1. A Nacional ja desfigurou a pintura padrão pra o consórcio: pintou de branco as laterais superiores. Se fosse um sistema sério, ela teria que pintar da forma que está definida. Pensei que a licitação seria boa pra Campina, mas como as empresas vencedoras foram velhas conhecidas, certas práticas continuam ocorrendo, além da baixa qualidade do transporte. Uma pena. P.s.: apesar de citar a pintura, isso é o de menos perto da falta de investimentos. Sei que a pandemia trouxe grandes perdas, mas antes disso já estavam sem proporcionar nenhuma melhoria a respeito do transporte público, isso principalmente se referindo ao consórcio composto pela Cabral e nacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.