Ônibus Paraibanos

Ação da ANTT de combate ao transporte clandestino apreende 20 veículos em Pernambuco

Por ANTT
Imagens Divulgação

Durante os três dias que durou a operação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) de combate ao transporte clandestino de passageiros na Região Metropolitana de Recife (Igarassu/PE – Abreu e Lima/PE e Goiana/PE), foram apreendidos 20 (vinte) veículos que realizavam o transporte de passageiros não autorizado interestadual, Também foram feitas 20 autuações por exercício irregular da função em desfavor dos condutores dos veículos apreendidos.

Essa etapa da fiscalização, que se encerrou dia 25/9, deu continuidade às ações da Semana Nacional do Trânsito, e contou com a cooperação da PRF.

O objetivo do trabalho foi combater e coibir o transporte clandestino de passageiros e orientar os usuários dos riscos desse tipo de transporte para aqueles que ainda embarcam em veículos irregulares.

Os veículos flagrados foram enquadrados na Resolução nº. 4.287/14 da ANTT, deveram passar no mínimo 72 horas e sua liberação está condicionada ao pagamento das despesas referentes às despesas de guincho e diárias de pátio, como também a comprovação da continuidade da viagem em empresa regular de todos os passageiros flagrados durante a fiscalização e os veículos encaminhados ao depósito credenciado da ANTT.

A ANTT alerta a todos que os veículos que realizam esse tipo de transporte clandestino de passageiros, geralmente apresentam problemas de segurança, pneus carecas, parabrisas trincados, condutores não habilitados e que trafegam em alta velocidade, fugindo da fiscalização. Todos estes fatores colocam em risco não apenas a segurança dos usuários que fazem uso desse transporte irregular, mas também, os demais usuários da via.

Desde início do ano , a ANTT apreendeu mais de 770 veículos em todo país que realizavam o transporte clandestino interestadual de passageiros. Denúncias podem ser realizadas para a Ouvidoria da ANTT pelo WhatsApp (61) 99688-4306; telefone 166 da Ouvidoria (24h) e o e-mail [email protected]

Compartilhe esta matéria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.