Ônibus Paraibanos

Linha Pacheco muda o itinerário e se torna alimentadora do TI Santa Luzia

Por Grande Recife
Imagem
Paulo Rafael Viana

O Grande Recife muda, a partir da próxima segunda-feira (14), o itinerário e o nome da linha 242 – Pacheco que, agora, passa a se chamar 242 – TI Santa Luzia/Pacheco e se torna alimentadora do Terminal Integrado Santa Luzia, no bairro da Estância. Com isso, os usuários poderão embarcar, por meio da integração temporal, em uma das outras três linhas do TI ou mesmo na Estação de Metrô Santa Luzia sem o pagamento de uma nova passagem, dentro do período de duas horas.

Confira, abaixo, o novo itinerário da linha 242 – TI Santa Luzia/Pacheco:

Terminal/ponto de retorno: TI Santa Luzia, R. Rocha Pombo, R. Marquês do Itanhém, Av. Recife, R. Aires Belo, Av. Dr. José Rufino, R. Havaí, Travessa do Havaí, Av. Recife (Viaduto Ulisses Guimarães), Av. Estância, R. Baliza, Av. Dr. José Rufino, R. Falcão de Lacerda , R. Queira Deus, R. Arealva, R. Nereu Ramos, R. José Lins do Rêgo, R. Prof. Joaquim Amazonas.

Ponto de retorno/terminal: R. José Lins do Rêgo, R. Nereu Ramos, R. Arealva, R. Queira Deus, R. Falcão de Lacerda, Av. Dr. José Rufino, R. Havaí, Travessa do Havaí, Av. Recife (Viaduto Ulisses Guimarães), R. Peroba, R. José Gomes de Moura, Av. Central, TI Santa Luzia.

O Consórcio lembra que o TI Santa Luzia é um dos nove terminais integrados da Região Metropolitana que operam por meio da integração temporal. Ou seja, o embarque em qualquer uma das outras três linhas* do equipamento ou na Estação de Metrô Santa Luzia é feito exclusivamente com o cartão VEM (Trabalhador, Estudante, Livre Acesso ou Comum) sem o pagamento de uma nova tarifa, dentro do período de duas horas e por sentido da viagem.

*102 – TI Santa Luzia/Ibura, 106 – TI Santa Luzia/Parque Aeronáutica e 204 – TI Santa Luzia/Loteamento Jiquiá

Para tirar dúvidas ou enviar sugestões e reclamações, o usuário pode entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente (0800 081 0158) ou WhatsApp (99488.3999), exclusivo para reclamações.

Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.