Ônibus Paraibanos

Relíquias da Gontijo: o caso de amor do 4073, que também foi da São Geraldo, com a Paraíba

Por Ônibus Paraibanos
Imagens Acervo Ônibus Paraibanos

Quando a Empresa Gontijo de Transportes adquiriu a Cia. São Geraldo de Viação em 2003, muitos carros passaram de uma empresa para outra. Vários Busscar Jum Buss 360 foram para a São Geraldo e monoblocos O-400 da Mercedes-Benz vieram para a Gontijo. Uma troca entre gigantes do transporte rodoviário nacional.

Muitos dos monoblocos que foram para a Gontijo rodavam em linhas que interligavam destinos no Nordeste do país, como na Teresina X Petrolina, Crato X Natal entre outras.

No início dos anos 2010 esses monoblocos, tanto os da São Geraldo como os da Gontijo começaram a ser vendidos e apareceram na frota de várias empresas de turismo de Norte a Sul do país e até mesmo em empresas que faziam transporte clandestino entre cidades do Nordeste para destinos no Sudeste como Rio de Janeiro e São Paulo.

Mas um deles, após sair da Gontijo, foi para a Paraíba e nunca mais saiu. O antigo 4073 da São Geraldo e da Nacional, já passou por três empresas de turismo paraibanas: LVC Turismo, Sales Turismo e China Tur.

Aliás, seu último registro foi em 2018 na China Tur. Segundo o Detran-PB, atualmente ele se encontra emplacado na cidade de Mari, que fica a 60 km de João Pessoa.

Fabricado em 1995, o antigo 4073 da São Geraldo e da Gontijo, fez parte da frota Vip Bus da empresa fundada em Caratinga, Minas Gerais e já frequentou muito as estradas paraibanas nas linhas da São Geraldo que tinham a Paraíba como origem e destino. Na Gontijo então, nem se fala.

Compartilhe esta matéria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.