Empresa de ônibus de Londrina pede R$ 4,6 milhões em ressarcimento ao município por perda de passageiros

Por G1
Imagem CMTU/Divulgação

Uma das concessionárias do transporte público de Londrina, no norte do Paraná, pediu que a prefeitura pague R$ 4,6 milhões por perda de passageiros durante a pandemia de Covid-19.

Após as primeiras confirmações de casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus, no fim de março, a prefeitura emitiu decreto determinando o fechamento do comércio não essencial e depois a paralisação de indústrias e obras da construção civil.

As atividades foram retomadas, respeitando medidas preventivas, em abril.

Desde o início do acompanhamento pela prefeitura da disseminação do vírus, 297 pessoas foram diagnosticadas com a Covid-19, 132 se recuperaram e 20 morreram por complicações da doença até segunda-feira (25).

A Transportes Coletivos Grande Londrina (TCGL) afirma que as medidas preventivas contra o novo coronavírus, adotadas pela prefeitura e demais autoridades públicas, gerou dificuldades para o pagamento de salários de funcionários e outros custos obrigatórios para manter a empresa funcionando.

A concessionária alega que está no limite de caixa, afirma que mesmo com a ‘queda abrupta, imprevisível e inesperada de passageiros’ precisou manter o número de veículos circulando.

Por meio de nota, a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) detalhou que não analisou o pedido da empresa, entretanto, neste como qualquer outro contrato mantido pelo poder público, todo desequilíbrio econômico tem como requisito essencial a comprovação da ocorrência pelo prestador de serviço.

“De qualquer forma, convém sobrelevar, que o poder público da cidade prontamente está intervindo de acordo com a demanda que se apresenta no dia a dia do transporte coletivo desde que começou a pandemia, de maneira a manter o equilíbrio do sistema”, encerrou a nota.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Vissta Buss 360 da 1001 Torino da Turp Transporte Viação Águia Branca estreia o Marcopolo G8 Apache Vip V da Transportes Flores Apache Vip IV da Auto Viação Vera Cruz Viação Águia Branca recebe os primeiros Marcopolo G8 Apache Vip IV da Viação Araçatuba Novos chassis rodoviários Volvo para longas distâncias Apache Vip IV com a nova identidade da N.S. Penha As novidades da Opção Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 07/2021 Apache Vip V da 1001