Os serviços da Viação Itapemirim no final dos anos 1990

A amarelinha oferecia uma ampla diversidade de serviços no final da década de 1990, para todos os gostos, níveis de conforto, e bolsos.

Por Ônibus Paraibanos
Imagens JC Barboza  / Rodrigo Gomes / Paulo Rafael Viana

No final dos anos 1990, a Viação Itapemirim era a principal empresa rodoviária do país. A diversidade de serviços oferecidos pela empresa capixaba trazia um conforto incomparável aos seus clientes desde o mais completo até o mais simplório.

Vamos conhecer os serviços oferecidos pela Itapemirim no final da década de 1990.

O serviço leito da empresa foi batizado de Rodonave. Era o mais antigo da empresa na época, existente desde os anos 70 e oferecia o máximo de conforto aos clientes da Itapemirim.

O serviço oferecia:

  • Serviço de bordo tipo self-service (café e água mineral);
  • Banheiro pressurizado;
  • Ar condicionado ecológico;
  • Porta copos individuais;
  • Travesseiro e manta;
  • Porta pacote com tampa;
  • Lancheira;
  • Menor nível de ruído interno;
  • Menor emissão de gases poluentes;
  • Poltronas mais largas e confortáveis (reclinação de 65° graus) com maior espaço para as pernas;
  • Som ambiente com fones individuais.

Em 1995 a Itapemirim adquire junto a Mercedes-Benz mais monoblocos O-400 com ar condicionado – lote esse que, em conjunto com a encomenda da São Geraldo, foi o último de monoblocos produzidos no país – para a inauguração de um novo serviço, o Starbus: o primeiro ônibus executivo rodoviário de três eixos do país com passagens custando 22% a mais que o serviço convencional e mais barato que o leito.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O serviço oferecia:

  • Serviço de bordo tipo self-service (água mineral);
  • Banheiro pressurizado;
  • Ar condicionado ecológico;
  • Menor nível de ruído interno;
  • Menor emissão de gases poluentes;
  • Poltronas anatômicas (reclinação de 55° graus) em veludo com maior espaço para as pernas.

No ano de 1998, a empresa lança o Golden Service, que oferecia o conforto de um ônibus leito por uma tarifa econômica de um executivo. Os primeiros carros que estreariam o novo serviço eram inicialmente do modelo Tribus IV fabricado pela empresa equipados com ar condicionado e depois vieram os carros da marca Busscar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O serviço oferecia:

  • Serviço de bordo tipo self-service (café e água mineral);
  • Banheiro pressurizado;
  • Ar condicionado ecológico;
  • Travesseiro e manta;
  • Lancheira;
  • Vídeo;
  • Telefone;
  • Menor nível de ruído interno;
  • Menor emissão de gases poluentes;
  • Poltronas anatômicas (reclinação de 62° graus) em veludo com maior espaço para as pernas;
  • Som ambiente com fones individuais.

Em 1999 o serviço foi reforçado com a chegada dos novíssimos Vissta Buss e do Tribus IV, que tinha sido lançado em 1997.

O serviço convencional da empresa era conhecido como Tribus, o mais popular entre eles. Lançado no início dos anos 1980, o serviço foi um marco na história do transporte rodoviário nacional por ser o primeiro ônibus de três eixos do mercado nacional.

Ainda na época, a Itapemirim apresenta o Cinebus, o primeiro ônibus a possuir um telão a bordo, para exibição de dois filmes durante as viagens.

Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.