Policial reformado surta e destrói guichê da Gontijo na rodoviária de BH

Idoso tentou, sem sucesso, antecipar a remarcação da passagem. Furioso, ele depredou o local com uma marreta de construção

Por G1
Imagem / Vídeo Divulgação

Um policial reformado, de 55 anos, quebrou nesta terça-feira (21) o guichê de uma empresa de ônibus na Rodoviária de Belo Horizonte. O ataque de fúria se deu porque o homem queria viajar para o Espírito Santo, estado em que mora, mas foi orientado a trocar a data da viagem por causa da pandemia de coronavírus.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), o suspeito disse que procurou a polícia nesta segunda-feira (20) após ter a passagem cancelada e acabou passando a noite no batalhão. Nesta terça, um militar o acompanhou até a rodoviária e um representante da empresa se prontificou a devolver o dinheiro ou reagendar o embarque, mas o homem não aceitou nenhuma das duas condições.

Passado alguns minutos os militares foram informados que um indivíduo estava destruindo um guichê na rodoviária. Quando a polícia chegou encontrou o policial reformado com uma marreta e diversos vidros quebrados.

“Eu tinha atendido ele ontem (segunda-feira). E hoje chegou quebrando tudo. A gente não se machucou, mas foi um susto”, disse o funcionário da empresa que preferiu não se identificar.

Ainda segundo a PM, ele disse que tinha mais ferramentas em um hotel no centro da capital e que assim que fosse liberado retornaria para continuar “quebrando a empresa”.

Os militares foram ao hotel onde o homem estava hospedado e apreenderam dois pés de cabra e uma marreta pequena. O suspeito foi conduzido para a 4ª Delegacia de Polícia Civil que vai investigar o caso.

Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.